Ao VivoSTJD julga escalação irregular de Héverton e pode salvar o Flu

STJD discute polêmica do Brasileirão por causa da escalação do meia Héverton, da Portuguesa. O Fluminense está de olho e pode se livrar do rebaixamento, caso a Lusa seja punida com a perda de quatro pontos. O Fla também está na pauta do tribunal.

  • Portuguesa 15988
  • STJD 17336

Direto da Redação

  • Vídeos
  • Imagens
  • Infográficos
  • Todos

Confiram todas as informações dos julgamentos de Portuguesa e Flamengo no UOL Esporte

Na nova classificação, Fluminense termina o Campeonato Brasileiro com 46 pontos, em 15º lugar. Flamengo ficou com 45, em 16º lugar. Portuguesa caiu para o 17º lugar com os quatro pontos perdidos. Clubes, porém, podem entrar com recurso

Após os julgamentos desta segunda-feira, classificação final do Campeonato Brasileiro foi alterada. Portuguesa foi rebaixada para a segunda divisão e se juntou a Vasco, Ponte Preta e Náutico na zona da degola. Fluminense foi beneficiado e se livrou. Flamengo foi punido, mas segue na primeira divisão

Punição consumada! Presidente da 1ª Comissão Disciplinar, Paulo Valed Perry acompanha votos de relator e auditores, confirmando a punição ao Flamengo por cinco votos a zero. Por unanimidade, clube da Gávea é punido no STJD com perda de quatro pontos e multa de R$ 1 mil

Julgamento definido! Os três auditores que votaram na sequência acompanharam o relator e definiram a punição ao Flamengo. Clube perde quatro pontos e pagará multa de R$ 1 mil

Auditor relator Luiz Felipe Bulus dá seu voto e pede punição ao Flamengo com perda de quatro pontos e multa de R$ 1 mil. "Acredito que não houve má fé, mas é o artigo 214 não deixa dúvida. Não há subjetivismo. Se enquadra ali e deve ser punido"

Luiz Felipe Bulus, auditor relator do processo, elogia defesa do Flamengo, mas sinaliza que não vê o clube da Gávea com razão no caso

Mário Bittencourt encerra sua explanação. Agora, o auditor relator Luiz Felipe Bulus dará seu voto

Advogado do Fluminense fala em "massacre" da opinião pública contra o clube

Mário Bittencourt, advogado do Fluminense, começa a sua explanação. Clube entrou com pedido para entrar no caso por ser parte interessada

Michel Assef Filho, advogado do Flamengo, pede absolvição porque o Flamengo agiu de "total boa fé" na escalação de André Santos

Advogado do Flamengo no processo, Michel Assef Filho, reforça a tese de que André Santos poderia entrar em campo contra o Cruzeiro pois já tinha cumprido a pena na partida contra o Vitória, antes mesmo do julgamento

Michel Assef Filho, critica o procurador geral do STJD, Paulo Schmitt: "A declaração dada à imprensa de que uma não punição significaria a falência do órgão é uma tentativa de colocar a opinião pública contra o Flamengo. Me desculpe"

Procuradoria do STJD sinaliza insatisfação com a decisão do Flamengo de apresentar um especialista para explicar o caso de suspensão automática: "Estão querendo ensinar padre a rezar miss", disse o procurador William

Com argumentos do ex-Fifa Paolo Lombardi, Flamengo tenta mostrar que André Santos cumpriu a suspensão da expulsão na final da Copa do Brasil no jogo seguinte do Brasileiro, contra o Vitória, e estaria liberado para o duelo contra o Cruzeiro, na última rodada

Paolo Lombardi defende a tese que uma punição deve ser cumprida em partida subsequente e relembra caso de jogador holandês: "Na final da Copa do Mundo de 2010, entre Espanha e Holanda, Heitinga recebeu cartão vermelho. Ele foi punido com um jogo de suspensão e essa punição foi carregada para a próxima competição. Nesse caso foi para as eliminatórias da Copa da Uefa, de 2012"

Com ajuda de tradutora, Paolo Lombardi conta aos membros do STJD que já participou de outros julgamentos de casos semelhantes ao do Flamengo

Paolo Lombardi não fala português e necessita de uma tradutora na audiência no STJD

Flamengo solicita usar como prova o parecer de Paolo Lombardi, ex-diretor do Comitê Disciplinar da Fifa, para explicar como o clube interpretou a situação da escalação. O pedido é deferido

Após pouco mais de 30 minutos de pausa, a 1ª Comissão Disciplinar do STJD começa neste momento a julgar o caso do Flamengo, que escalou André Santos no sábado após o atleta ser punido na sexta

Em dia de decisão, lado externo do prédio do STJD vive clima de estádio. Enquanto torcedores do Fluminense comemoram muito a manutenção na primeira divisão, os fãs da Portuguesa chegam a chorar pelo rebaixamento

- Avatar 1

@FChiorino - A defesa da Lusa foi bem ruim, mas ficou a impressão de que nada faria o STJD mudar de posição

Os julgamentos não param. Dentro de dez minutos, a 1ª Comissão Disciplinar irá julgar o caso de André Santos, do Flamengo. O lateral também foi suspenso na sexta - antes da última rodada - e entrou em campo no sábado, contra o Cruzeiro

Torcida do Fluminense faz muita festa na porta do STJD, no centro do Rio de Janeiro. Com a perda de pontos da Portuguesa, o time das Laranjeiras está mantido na primeira divisão

Com a definição da 1ª Comissão Disciplinar do STJD, Portuguesa é rebaixada para a segunda divisão, enquanto o Fluminense é beneficiado pelo julgamento e se mantém na primeira divisão. Clube paulista, porém, ainda pode recorrer da decisão

Julgamento definido! Presidente Paulo Perry acompanha o relator em seu voto. Portuguesa perderá quatro pontos e pagará multa de R$ 1 mil por decisão de cinco votos a zero

- Avatar 1

@impedimento - E todo mundo acompanha o relator. Portuguesa punida e rebaixada.

Paulo Paled Perry, presidente da 1ª Comissão Disciplinar, inicia sua explanação

Os auditores Vinícius Sá Vieira, Luiz Felipe Bulus e Douglas acompanham o voto do relator. Quatro votos a zero pela punição da Portuguesa em quatro pontos e multa de R$ 1 mil

Relator Felipe Bevilacqua pede a condenação da Portuguesa em perda de quatro pontos e multa de R$ 1 mil

Relator agora cita erros em jogos de seleções em jogos das eliminatórias de 2014 para defender que deve haver punição ao clube que não cumpre o regulamento. "Isso não é coisa de Brasil, de tapetão"

Relator faz crítica ao argumento dos prazos levantados pela defesa da Portuguesa. Argumentos de Bevilacqua indicam que ele votará contra o time paulistano

- Avatar 1

@ubiraleal - #STJD Saudades do julgamento-moleque, descontraído, com provas em vídeos do desenho do Scooby Doo.

Explanação do relator do processo, Felipe Bevilacqua, é longo e já dura mais de dez minutos

Felipe Bevilacqua ataca tese de que a pena da sexta só passaria a valer na segunda-feira: "Os clubes devem se reunir para ver se essa sugestão de suspensão aplicada na sexta só passar a valer no primeiro dia útil seguinte. Na minha modesta opinião, não é. Já ouvi falar que o Corinthians cai nesse caso, que o Botafogo sai do G-4. Estamos falando de dois times grandes. Imaginem os senhores: estaremos reunidos aqui toda semana para avaliar isso. Não tem o menor cabimento"

- Avatar 1

@Thiago_Rocha80 - Para que serve o Estatuto do Torcedor? Nem no STJD ele é citado

O relator do processo, Felipe Bevilacqua, dá prosseguimento ao seu discurso: "Questão do prazo, senhor presidente. O artigo 133 diz que contar-se-a o prazo a partir do dia seguinte da condenação. Nunca houve alegação das partes de prejuízo, nestes oito anos que estou aqui, da sessão ser na sexta"

- Avatar 1

@FRSormani - Zanforlin foi muito mal ao defender a Portuguesa. Mão mostrou os conflitos do CBJD e nem o artigo 10 do Estatuto do Torcedor, que ajuda a Lusa.

Relator do processo, Felipe Bevilacqua: "O caso é muito técnico e objetivo. Posso garantir para a imprensa mal informada: existem sempre os maus profissionais. Podem sem porque são mal intencionados e outros mal informados. Então antes de decretar qualquer condenação pública, é preciso buscar informação"

Torcida da Portuguesa ganha reforço de curiosos de outros times na porta do STJD, no centro do Rio, e grita "vergonha" e "terceira divisão" em provocação ao Fluminense

Felipe Bevilacqua, relator do processo, começa sua explanação sobre o caso tratado

"A questão técnica está resolvida. E tenho certeza que essa casa decide as coisas com a razão, e não com a emoção", encerrou o advogado do Fluminense, Mário Bittencourt

- Avatar 1

@ClaytonSales - Rindo de quem vê "julgamento" no STJD como se fosse disputa por guarda de filho. STJD nem tribunal é. CNJ diz: "instância auxiliar da CBF"

Mário Bittencourt, advogado do Fluminense, continua a defesa do clube das Laranjeiras. "Está se aplicando a regra, como sempre foi aplicada. Coincidentemente, poderá, sim, o Fluminense ficar na primeira divisão. Mas, não. Precisamos atacar o Fluminense que a gente livra a Portuguesa. O Fluminense não fez nada para isso que está acontecendo. Aliás, fez, sim. Trabalhou com o regulamento"

Em tom de brincadeira, torcida do Fluminense exalta o meia Heverton, da Portuguesa, na porta do STJD. Tricolores também cantam e festejam por Conca, recém-contratado pelo clube

"O que está se tentando fazer nessa semana é um achincalhe à história do Fluminense. O mundo sabe que um atleta suspenso na sexta não pode jogar no sábado ou no domingo. O mundo sabe!", disse o advogado do Fluminense, Mário Bittencourt

- Avatar 1

@rafaellopo - Que previsível: o advogado do Fluminense parece um pastor com a bíblia na mão...

- Avatar 1

@anarina - Se o Fluminense não tem nada a ver com a história da Portuguesa e do Flamengo, como justificam dar o microfone pro advogado do clube?

Mário Bittencourt, advogado do Fluminense: "Antes do pricípio da moralidade, vem o princípio da legalidade. Para ter moralidade, é preciso legalidade. Não vou chover no molhado e ficar explicando que a suspensão começa no dia seguinte. As pessoas pensaram: para rebaixar o Fluminense, descumpra-se o regulamento"

- Avatar 1

@paulinhotwolves - Advogado do Flamengo defendendo a Portuguesa, até porque pro Flamengo não muda nada.

O advogado do Fluminense, Mário Bittencourt começa a falar pelo Fluminense

Michel Asseff Filho encerra o seu depoimento

- Avatar 1

@mayronsouzapm - O advogado não falou nada baseado na lei. Infelizmente será punida a Lusa. Espero que usem a brecha da Fifa e debitem os pontos ano que vem

"O prazo para o recurso começa da segunda-feira. Então qualquer recurso feito antes do prazo é intempestivo e o advogado é obrigado a ratificar. Então não é possível exigir isso na Justiça", disse o advogado do Flamengo

- Avatar 1

@FechadoComOCEC - Gente esse advogado da Lusa tá bêbado só pode desse jeito a Lusa vai perder o julgamento mesmo.

O advogado começa suas argumentações. "Acho que o STJD precisa mudar uma interpretação que prejudica os clubes. Está dificultando o trabalho do advogado"

Nesse momento, o advogado do Flamengo, Michel Asseff Filho, toma a palavra

- Avatar 1

@andrizek - Na boa. O discurso do advogado da Lusa não convence ninguém. Que pobreza. Isso é STJD, amigos. O futebol está na mão dessas figuras...

O advogado da Portuguesa encerra o seu depoimento e conclui: O rebaixamento da Portuguesa é o rebaixamento do direito

- Avatar 1

@flaviogomes69 - Olha, se com essa defesa a gente escapar, será o terceiro milagre de Fátima. Ou quarto, sei lá.

Para João Zanforlim não existe mais o ordenamento jurídico, segundo ele, o juiz boca da lei. Para o advogado, o juiz deve interpretar a lei

- Avatar 1

@carolrodriguexx - Piada de português, chuchu, pulga de cachorro: melhor julgamento que já vi

João Zanforlim continua a sua argumentação. "O meia Héverton foi igual a chuchu. Não fez mal, não fez bem. Aí vão rebaixar a Portuguesa?", continua

"Tenho impressão de que a imprensa tem razão com o termo 39ª torcida. A casa lotada, com torcida lá fora. Se o julgamento fosse no Maracanã talvez tivéssemos condições de receber todos os amigos", disse João Zanforlim

- Avatar 1

@celso_casinha - O cara falando do "Paulão desmaio" no julgamento da Lusa. Zanforlin ta mais perdido que cego em tiroteio

"Se condenarmos a Portuguesa por isso, vamos instituir a mutreta, a fraude no futebol brasileiro", disse o advogado da Portuguesa

"Esse jogo valia alguma coisa? O Grêmio já era o segundo colocado, e a Portuguesa já havia garantido sua vaga na Série A. Não admito piadas com meus amigos portugueses", disse João Zanforlim

"O jogador jogou 12, 15 minutos. O artigo fala que a partir do momento que ele for inserido na súmula ele já é penalizado. Esse código serve para tudo: aniversário, casamento. Serve para vôlei, basquete. Nessas duas modalidades quem fica no banco de reservas é titular. Entra e sai, entra e sai. No futebol, não. Quem está no banco está na expectativa de jogar", continua o advogado da Lusa

"Luiz Zveiter trocou esse tribunal. Recebi manifestações do Brasil inteiro, jamais poderia imaginar que a Portuguesa fosse tão querida. Ou se as pessoas que se manifestaram não gostam da mudança do resultado obtido no campo de jogo", continua João Zanforlim

- Avatar 1

@To_paulo - Advogado da Portuguesa mandando bem demais! (Pra mim.. hahaha não sou auditor) mas tá falando tudo que os torcedores gostariam de falar!

"Tivemos o caso do Duque de Caxias, do Tartá em 2010 e do Vasco, em 2005. O artigo 214 é um texto que precisa analisar o dolo", segue argumentando João Zanforlim

O conselheiro Ricardo Torres é o responsável por informar os torcedores da Portuguesa sobre o andamento do julgamento. Ele manda e recebe recados via celular para o presidente eleito da Lusa, Ilídio Lico

- Avatar 1

@perecenispfc01 - Advogado da Lusa atacando diretamente o julgamento com ironias

"Perto da Copa do Mundo se há alguma coisa que me irrita é ver os hermanos fazendo gracinha: "Sei lá se a gente ganhar no campo e algo pode tirar algo da gente", diz o advogado da Portuguesa

- Avatar 1

@FChiorino - Esse advogado da Portuguesa é bem fraco na argumentação

"Nós estamos aqui hoje na 39ª rodada do Brasileiro. Deveria terminar com 38 rodadas, não vai terminar com 39, 40, 41 rodadas", diz o advogado da Portuguesa

O advogado da Portuguesa, João Zanforlim, começa a argumentar

"Não olhamos A, B, C ou D. Estamos olhando a competição. Por isso pedimos a condenação da Portuguesa", finaliza o procurador

- Avatar 1

@News_Raposa - A Lusa deve perder tanto hoje, como no pleno. A nossa expectativa é qual será o resultado do julgamento. E aí que pode morar a VERGONHA

O procurador William Figueiredo afirma que se houve má fé, ou boa fé, não importa

O procurador afirma que ainda que o advogado não estivesse presente no julgamento, o resultado do mesmo é válido, independente da presença ou não

- Avatar 1

@gabrielplat - Torcida do Fluminense chegou ao nível mais baixo do futebol ao ir na porta do STJD gritar "Nense". Juro que estou sentindo vergonha alheia

A Procuradoria afirma que os outros 18 clubes, menos Portuguesa e Flamengo, não cometeram erros na escalação de atletas irregulares durante o campeonato

- Avatar 1

@gianoddi Achei a solução pro futebol brasileiro! Torcidas brigam na entrada do tribunal, e pune-se o STJD com portas fechadas por um ano! Hum?

O procurador William Figueiredo reforça que o regulamento é claro. "Se um jogador joga enquanto está suspenso, ele deve responder pelo artigo 214", completa

- Avatar 1

@thicosta - O simples fato de estarmos acompanhando ao vivo um julgamento depois do campeonato terminado, mostra o quão ridículo está o futebol brasileiro.

"Pude perceber que muitas opiniões que ouvimos durante a semana vêm sem conhecimento de causa. Isso causa uma indignação profunda", disse William Figueiredo

Os gritos da torcida do Fluminense, do lado de fora do STJD, podem ser ouvidos de dentro da sala em que ocorre o julgamento

Os depoimentos encerram-se os depoimentos. O procurador William assume a palavra para pedir a condenação do clube

- Avatar 1

@talissu - O julgamento do STJD é melhor que as "finais" do Brasileirão de pontos corrido.

Cerca de 20 torcedores da Portuguesa chegaram em frente do prédio do STJD. A PM fez dois cordões de isolamento para separá-los da torcida do Fluminense, que já estava presente

"Na terça, recebi a comunicação do Tribunal que o jogador tinha pegado dois jogos. Liguei para o Sestário e perguntei o que tinha acontecido. Ele disse que estava traumatizado e disse que assumiria a responsabilidade pelo que ocorreu", disse o presidente da Portuguesa

"O doutor Osvaldo Sestário sempre foi o advogado da Portuguesa desde quando assumi a direção do clube. A FBA era responsável pela remuneração dele. O jogador foi julgado na sexta-feira, cheguei no clube no domingo à noite. Na terça-feira à noite recebi o comunicado da punição de dois jogos, sei que na segunda-feira foi publicada a decisão", disse Manoel da Lupa

- Avatar 1

@rsouzarodrigues - Vou revelar um segredo: a Portuguesa tem um trunfo p/ defesa, a qualquer momento ele, o nosso Batman, Joaquim Barbosa entrará para salvá-la.

O advogado da Portuguesa, João Zanforlim não irá argumentar nesse momento. Quem fala aos relatores é o presidente da Portugesa, Manoel da Lupa

O presidente da Portuguesa Manoel "Da Lupa", que também é advogado, vai começar a falar

- Avatar 1

@ThiagoSalata - Ficar batendo nessa tecla de "comunicou ou não comunicou" muda algo? É erro da Lusa de todo jeito. A questão é que o erro é mínimo.

João Zanforlim, advogado da Portuguesa no caso desta segunda-feira, começa a argumentar

"Esse sistema da CBF foi criado para verificar penalidades e condição de jogo dos atletas. É a mesma senha do BID", completou Valdir Rocha

- Avatar 1

@LucasVAssis - Eu teria muita vergonha se pra continuar na série A do Brasileirão o meu time dependesse de ganhar um julgamento

O depoimento de Valdir Rocha ressaltou que houve falta de comunicação do advogado Osvaldo Sestário no caso do meia Héverton

STJD acaba de informar que um dos motivos da superlotação e do tumulto é que os clubes envolvidos trouxeram mais advogados e pessoas que o esperado

"Não posso dizer se foi equívoco de comunicação ou confiança no site da CBF, porque ele é atualizado diariamente. E os clubes utilizam para ver se jogadores têm condições de entrar em campo ou não", disse Valdir Rocha

Valdir Rocha afirma que no site da CBF existe um "Boletim de suspensões".Não tinha nada. Na sexta-feira, tentei falar com o Sestário e não consegui

- Avatar 1

@GoulartOtavio - Esse Julgamento do STJD vai ser igual um jogo de final. Geral acompanhando e torcendo pra Lusa

- Avatar 1

@thaadeucastro - Boatos de que o Fluminense entrou com um recurso p tirar o áudio do microfone do advogado da Lusa

"Quando o atleta era advertido ou pega pena cuja qual penalidade era de apenas uma partida ou absolvido ou advertido por vezes não havia comunicação com o doutor Osvaldo Sestário", diz Valdir Rocha

- Avatar 1

@epbittencourt - Corremos o risco de alguém pedir a anulação do julgamento por ele ter começado com 20 minutos de antecedência?

O advogado afirma que existia um contato direto com o advogado Osvaldo Sestádio e que tinham ciência do julgamento do Héverton e Gilberto

- Avatar 1

@rafe95 - O julgamento já começa errado, pois é feito no Rio de Janeiro, sendo que é algo fundamental para os cariocas.

Neste momento o diretor jurídico da Portuguesa, Valdir Rocha, testemunha a favor do clube

- Avatar 1

@HeiderDaltro - Começou o julgamento no #STJD. Vamos torcer para que não aconteça mais um #Tapetão favorecendo o Fluminense, que tem que jogar a serie B em 2014

Do lado de fora do STJD, aumenta o número de torcedores do Fluminense. Alguns flamenguistas chegam por ali e trocam provocações, mas sem qualquer tipo de violência.

O presidente do Fluminense Peter Siemsen acaba de chegar ao STJD para acompanhar o julgamento

Nesse momento o Relator Felipe Bevilacqua cita o artigo 133 do CBJD, que prevê a aplicação da pena da suspensão

- Avatar 1

@ronaldofiore - Agora, vamos ficar atentos ao julgamento da Lusa,no STJD, a casa do Fluminense. Espero que o futebol não se suje ainda mais. #NãoAoTapetão

Os casos estão sendo citados. O primeiro é o da Portuguesa, referente ao meia Héverton, que recebeu dois jogos de punição

O julgamento do meia Héverton tem início nesse momento, com a presença dos advogados da Portuguesa e Flamengo

- Avatar 1

@gui_pinheiro - Delegação do Fluminense no momento faz o reconhecimento do TAPETE do tribunal.

Comerciantes do centro do RJ, assustados, se posicionaram na porta de estabelecimentos com medo da grande movimentação de policiais no prédio do STJD

- Avatar 1

@gmilitao - Portuguesa já já no gramado da STJD Arena. Fluminense encerrando seu aquecimento.

- Avatar 1

@aletp - Parece piada pronta, mas o nome da rua do STJD, onde acontece o julgamento da Portuguesa e do Flamengo é Rua da Ajuda.

- Avatar 1

@bondaczuk - Se o Fluminense escapar e a Portuguesa for rebaixada será a desmoralização completa do desmoralizado futebol brasileiro, em âmbito doméstico

STJD tem segurança reforçada e superlotação antes de julgamento decisivo

Leia Mais

Movimentação no STJD é grande, principalmente da imprensa; não há espaço suficiente na sala de julgamento para receber os jornalistas

- Avatar 1

@Lourdes_ceu - Já já começa o julgamento. O mínimo que se espera é: tira-se os pontos da #Portuguesa. Temporada de 2014 inicia-se com 4 pontos a menos. #justiça feita

Superior Tribunal de Justiça recebe polêmico julgamento do meia Héverton, a partir das 17h30. O lateral flamenguista André Santos também está na pauta.

Atualização em 20s



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos