Coadjuvante 'perfeito' e show de Durant fazem Thunder empatar a final do Oeste

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Jim Young

    Serge Ibaka e Kevin Durant comandaram a vitória do Thunder sobre os Spurs

    Serge Ibaka e Kevin Durant comandaram a vitória do Thunder sobre os Spurs

Após perder os dois primeiros jogos, o Oklahoma City Thunder foi buscar a diferença e empatou a final da Conferência Oeste. Com uma noite perfeita do coadjuvante Serge Ibaka e um show de Kevin Durant no último quarto, a franquia bateu o San Antonio Spurs neste sábado por 109 a 103 e empatou a série melhor de sete partidas por 2 a 2.

Coadjuvante dos astros Kevin Durant e Russel Westbrook, o pivô Serge Ibaka teve uma noite histórica na Chesapeake Energy Arena. O congolês naturalizado espanhol teve uma atuação perfeita e acertou todos os 11 arremessos de que arriscou na partida, terminando com 26 pontos.

O feito fez com que Ibaka igualasse a marca de Scott Wedman, que realizou um jogo perfeito de 11 arremessos convertidos na final da NBA entre Boston Celtics e Los Angeles Lakers em 1985. O recorde pertence a Larry McNeill, que converteu todos os 12 chutes que arriscou no duelo entre Kansas City/Omaha Kings nos playoffs de 1975.

Outro destaque da vitória do Thunder foi Kevin Durant, que mais uma vez deu provas de seu amadurecimento. Imparável no último quarto, o ala anotou 18 de seus 36 pontos no período final e terminou como o cestinha da partida.

Já os Spurs apostaram na força de Tim Duncan no garrafão e o veterano correspondeu com 21 pontos. Muito marcado, Tony Parker converteu apenas 12 pontos, enquanto o argentino Manu Ginóbili teve atuação muito abaixo do esperado, com 13 pontos e seis desperdícios.

Após quatro jogos, nenhuma das duas equipes conseguiu vencer na casa do adversário. Spurs e Thunder voltam a se enfrentar na próxima segunda-feira, desta vez em San Antonio.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos