Popó vence por nocaute em sua despedida dos ringues e impõe primeira derrota a rival

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Popó venceu Michael Oliveira por nocaute em sua despedida dos ringues

    Popó venceu Michael Oliveira por nocaute em sua despedida dos ringues

Neste sábado, em sua despedida dos ringues, Acelino Freitas, o Popó, venceu o até então invicto compatriota Michael Oliveira por nocaute no nono round. Foi a 39ª vitória do veterano na carreira, que perdeu apenas duas vezes em sua trajetória.

NA PRISÃO, FLOYD MAYWEATHER TEM COMPANHIA Do RAPPER 50 CENT

  • Getty Images

    Floyd Mayweather Jr. começou a cumprir sua prisão de três meses nos Estados Unidos. O pugilista foi condenado por agredir sua ex-namorada na frente de seus dois filhos e, ao se entregar na corte, foi acompanhado por 50 Cent.

Afastado das lutas desde 2007, quando havia perdido para o americano Juan Diaz, Popó aceitou o desafio de Michael após pedido de seu filho, que disse que gostaria de vê-lo lutar. No novo adeus, o pugilista conseguiu um triunfo ao seu estilo, com nocaute.

"Estava afastado dos ringues, mas não dos treinamentos. Estava fazendo sparing, correndo. O campeão fez sua despedida com chave de ouro", disse o pugilista, após sua vitória, em entrevista ao SporTV.

A luta

Bem ao seu estilo, Popó tomou a iniciativa do combate, tentando desferir golpes fortes logo no início do primeiro assalto. O veterano levantou a torcida, que passou a incentivá-lo.

O segundo round começou da mesma maneira, com Popó no centro do ringue. No entanto, o golpe mais forte da parcial foi uma esquerda de Michael quando restavam pouco menos de dois minutos para o fim.

A primeira abertura de contagem aconteceu no terceiro assalto. Nos segundos finais, Popó acertou uma bela sequência e levou Michael para as cordas. O jovem pugilista, no entanto, foi salvo pelo gongo.

Sentindo o bom momento, Popó começou o quarto round de maneira agressiva, partindo para cima do adversário. Michael conseguiu resistir às investidas e equilibrou as ações. Por acidente, o jovem chegou a acertar um golpe baixo no rival nos segundos finais.

A partir do quinto assalto, Michael conseguiu incomodar Popó mais vezes, assumindo o centro do ringue. No sexto, o jovem pugilista conseguiu acertar uma boa sequência de golpes no veterano, que respondeu na sequência.

Os rounds de número sete e oito tiveram panoramas semelhantes: equilíbrio até os segundos finais, quando Popó adotou uma postura agressiva e foi melhor.

Mostrando bom preparo físico, o veterano começou com sequências fortes no nono assalto, chegando, inclusive, a nocautear Michael. O veterano já havia derrubado o compatriota instantes antes de garantir seu triunfo.

Popó, ex-pugilista brasileiro
Popó, ex-pugilista brasileiro

Últimas de Esporte



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos