UOL Esporte Lutas
 
02/06/2009 - 14h54

Após "estrear" na TV, Maguila lança carreira de cantor; renda vai para ONG

Maurício Dehò
Em São Paulo
OUÇA "VIDA DE CAMPEÃO", DE MAGUILA
"Dei um soco na preguiça,
Pra moleza não baixei a guarda
Nocauteei a tristeza,
Encarei a minha estrada

Derrubei todas as barreiras,
O pessimismo mandei pra lona
Nunca fui à faculdade,
Mas de guerreiro, tenho diploma

Sou lutador, sou de fé, sou brasileiro
Sou lutador, sou da paz, eu sou guerreiro
Sou lutador, sou amor, sou coração
Sou lutador, vencedor e campeão

Cada luta que travei me ensinou a ser fiel
A não reclamar de nada, aceitar o que vem do céu
Fui com força e proteção pra vencer mais um duelo
O meu sangue é de raça pois sou verde e amarelo
Sou lutador, sou de fé, sou brasileiro

Sou lutador, sou da paz, eu sou guerreiro
Sou lutador, sou amor, sou coração
Sou lutador, brasileiro e campeão"
Adílson Rodrigues, o Maguila, fez fama com as luvas de boxe. Peso pesado e com punhos que fizeram jus à categoria, subiu ao ringue e enfrentou nomes como Evander Holyfield e George Foreman, tendo como ponto alto a conquista do cinturão sul-americano. Aposentado desde 2000, o sergipano aposta agora em outra carreira. O instrumento de trabalho, no entanto, é o microfone.

Maguila está lançando seu projeto como cantor e inclusive já disponibilizou uma música na internet, para a apreciação dos antigos fãs, como pugilista, e, quem sabe, dos novos admiradores.

"Esse trabalho foi o seguinte. Teve um programa do Raul Gil que me convidaram para cantar. O pessoal gostou da minha voz e me chamou para gravar este CD", contou o intérprete Maguila ao UOL Esporte.


A primeira música mostrada pelo ex-lutador, inédita e feita por compositores contratados para o trabalho, chama-se "Vida de Campeão". "Essa música fala da minha vida todinha e homenageia os brasileiros", explicou ele, que cantava junto aos amigos, mas nunca tinha se arriscado profissionalmente.

Além do agradecimento aos compatriotas, uma das maiores homenagens feitas por Maguila foi ao sambista Bezerra da Silva, morto em 2005, aos 77 anos. Duas músicas do cantor serão incluídas no álbum, ainda sem data de lançamento confirmada.

Arquivo/FI
Maguila se aposentou dos ringues em 2000, com 77 vitórias, um empate e sete derrotas
LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE BOXE
Não foi apenas pelo gosto à música que o projeto foi levado em diante. "Este foi o meio de ajudar as crianças do meu projeto. Como eu sempre digo, quem pratica esporte não tem tempo de fazer coisa errada", disse o ex-campeão sul-americano, sobre o Projeto Amanhã Melhor, ONG do qual toma conta. "Toda a renda será revertida para o projeto".

Maguila atualmente se encontra em estúdio, terminando as gravações do projeto, que tem como principal parceiro Raulzinho, filho do apresentado de televisão Raul Gil. Mais da metade das faixas, que incluem composições inéditas, de Zeca Pagodinho e Bezerra da Silva, segundo o sergipano.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host