Senna volta a andar mal, termina em 17º e diz que corrida no Canadá foi "difícil"

Do UOL, em São Paulo

  • SRDJAN SUKI/EFE

    Senna, da Williams, mais uma vez foi mal e terminou atrás de seu companheiro Maldonado

    Senna, da Williams, mais uma vez foi mal e terminou atrás de seu companheiro Maldonado

Bruno Senna não tinha grandes expectativas no GP do Canadá, mas seu desempenho acabou sendo pior que o esperado. Sem brilhar em nenhum momento, o brasileiro da Williams terminou na modesta 17ª colocação, viu seu companheiro andar à frente e novo e se mostrou decepcionado no Twitter.

"Corrida difícil hoje. Agora temos de aprender com as informações e fazer uma melhor em Valência. Bola para frente. Valeu pela torcida", disse Bruno Senna.

O brasileiro já havia ido mal no treino de classificação no último sábado e largou somente na 16ª colocação. Seu desempenho em alguns momentos do fim de semana, no entanto, dava a entender que ele poderia surpreender na corrida. Nada disso.

Durante quase todo o tempo, Senna andou bem abaixo do ritmo de seus rivais. Em nenhum momento ficou claro se ele tinha algum problema, mas a Williams do brasileiro nunca conseguiu brigar por posição. Já a de Maldonado surpreendeu.

O companheiro de equipe de Senna largou na 22ª colocação após ter batido no treino de sábado. Neste domingo, conseguiu recuperar-se e chegou na 13ª posição. O brasileiro, por sua vez, terminou à frente apenas dos carros das nanicas Caterham e Marussia e de quem abandonou o GP, como Michael Schumacher. 



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos