Vettel pede desculpas pessoalmente a membros da Red Bull

Da Reuters, em Londres (Inglaterra)

  • Philippe Lopez/AFP

    Mark Webber (esq) e Sebastian Vettel, da Red Bull, nem se olharam no pódio do GP da Malásia

    Mark Webber (esq) e Sebastian Vettel, da Red Bull, nem se olharam no pódio do GP da Malásia

Veja Também

O piloto alemão Sebastian Vettel pediu desculpas pessoalmente aos membros da equipe Red Bull por ter ignorado a ordem da direção e ter ultrapassado o companheiro Mark Webber nas últimas voltas do GP da Malásia, no último domingo.

Christian Horner, chefe da Red Bull, revelou que Vettel visitou a fábrica Milton Keynes na última terça-feira para se desculpar.

"Ele disse que não pode voltar atrás, mas aceita que o que fez foi errado", disse Horner, que ainda afirmou que o piloto alemão se desculpou mais uma vez com o companheiro Mark Webber e houve um aperto de mãos entre os dois.

"Ele se desculpou com o time e com cada membro pelas suas ações, porque ele reconheceu que o time tem importância vital e ser parte dele é um aspecto crucial para estar apto a vencer campeonatos", revelou.  

Atual tricampeão da Fórmula 1, Vettel não seguiu as ordens da equipe no circuito de Sepang. Os chefes do time pediram que Webber, então líder, e Vettel, na segunda posição, diminuíssem o ritmo para economizar combustível e não gastar pneu.

Porém, o alemão preferiu lutar pela vitória e ultrapassou o companheiro nas voltas final. Webber não aceitou a atitude e criticou muito Vettel após a corrida e disse que ele era protegido na equipe.  

Trajetória de Sebastian Vettel
Trajetória de Sebastian Vettel

Notícias relacionadas



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos