UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
Nelson Almeida/UOL

Rogério Ceni defende um pênalti e ajuda o São Paulo na vitória sobre o Palmeiras

26/05/2010 - 22h27

Ceni pega pênalti, São Paulo bate Palmeiras e encerra jejum em clássicos

Carlos Padeiro e Rodrigo Farah
Em São Paulo

CONFIRA O GOL DE FERNANDÃO

O São Paulo venceu seu primeiro clássico de 2010. E foi no sufoco, com dificuldades. Em uma partida de pouco brilho, o time tricolor foi mais eficiente e derrotou o Palmeiras por 1 a 0, no Morumbi. Com o triunfo desta quarta-feira, a equipe de Ricardo Gomes manteve a arrancada no Campeonato Brasileiro e acabou com a reação alviverde na competição.

O Palmeiras ainda teve a oportunidade de arrancar a igualdade aos 43min do segundo tempo em pênalti cobrado por Ewerthon. Rogério Ceni, no entanto, fez bela defesa e salvou o triunfo tricolor. Com sua segunda vitória consecutiva, o São Paulo chegou aos sete pontos e atingiu a sexta posição da Série A.

“Melhoramos muito em relação há um mês, mas não podemos nos contentar só com isso. Precisamos almejar coisas grandes. Aos 37 anos eu ainda quero ganhar e todos têm que pensar assim para chegarmos longe nesta temporada”, celebrou o capitão e herói são-paulino, lembrando da terceira vitória consecutiva do seu time.

O resultado desta quarta também manteve um longo tabu do São Paulo contra o arquirrival no Morumbi. Isso porque a equipe tricolor não sabe o que é perder do time do Palestra Itália em casa há oito anos - um total de 16 confrontos.

 

PRINCIPAIS LANCES DO JOGO

PRIMEIRO TEMPO
8min - Cicinho puxa contra-ataque e toca para Dagoberto. O são-paulino corta para o meio e chuta. Marcos cai para o lado direito e defende
18min - Junior Cesar cruza na área, Fernandão sobe mais alto que a marcação e cabeceia. Marcos desvia pela linha de fundo
27min - Primeira boa chegada do Palmeiras ao ataque. Gabriel Silva recebe de Vinícius e chuta da entrada da área. Rogério Ceni defende com segurança
31min - Em cobrança de falta da intermediária, Hernanes arrisca o chute, Marcos espalma para cima e depois segura
SEGUNDO TEMPO
10min – GOOOOLLLL DO SÃO PAULO!!!! Fernandinho gira na área, deixa Maurício Ramos para trás e rola para o meio. Fernandão se antecipa à zaga e toca para o gol
28min - Junior Cesar pega uma sobra fora da área, ajeita e chuta de esquerda. A bola desvia no meio do caminho, tira Marcos do lance mas vai para fora
37min – QUASE! Paulo Henrique vai ao fundo e cruza. Ivo aparece na área, divide com Cicinho e a bola vai em direção a Rogério Ceni, que estava batido na jogada
43min – ROGÉRIO CENI! Em cobrança de pênalti, Ewerthon bate, Rogério Ceni cai para o seu lado esquerdo e defende
47min - No último cruzamento na área, Marcos vai para o ataque no desespero e cabeceia para fora, dando um susto nos são-paulinos

O Palmeiras, por sua vez, sofreu seu primeiro revés no Nacional e manteve os sete pontos, também na sexta colocação. Além disso, a equipe do Palestra Itália caiu de produção sob o comando do interino Jorge Parraga, que havia levado o time à vitória contra o Grêmio em sua estreia.

"Pênalti bem batido é aquele que entra...", limitou-se a dizer o atacante Ewerthon, desolado após desperdiçar a cobrança no fim do duelo.

Quando a partida começou, o São Paulo manteve domínio da posse de bola com bons avanços pelas laterais. Mas isso não fez o Palmeiras recuar, o que deixou a partida com muitos espaços para os adversários trabalharem a bola apesar do gramado prejudicado pela chuva.

No decorrer do jogo, os anfitriões mantiveram a pressão sobre a meta de Marcos, com boas chances de gol. A equipe alviverde, por outro lado, teve problemas no ataque e chegou com perigo pela primeira vez somente aos 27min. Com a entrada de Souza no lugar de Cleiton Xavier, os visitantes seguraram melhor o time tricolor, mas sem mudar o panorama do duelo até o intervalo.

“Estamos caindo no que o Palmeiras quer. Eles estão contentes com o empate e estamos deixando isso acontecer. Precisamos avançar mais”, lamentou o zagueiro Alex Silva a caminho do vestiário. “Está bom. Marcamos bem e seguramos o São Paulo. O problema é que o campo está muito molhado e isso está dificultando”, concordou Lincoln, satisfeito.

Na etapa complementar, o São Paulo voltou a ter o domínio da posse de bola. E desta vez precisou de apenas dez minutos para fazer valer a superioridade em campo. Fernandinho fez boa jogada pela esquerda e tocou na medida para Fernandão completar.

BLOGUEIROS COMENTAM O JOGO

Juca Kfouri: Fernandinho&Fernandão e Rogério Ceni, o mito. Leia mais
Victor Birner: Rogério Ceni garante vitória do São Paulo contra o Palmeiras. Leia mais
Roberto Avallone: Graças a Ewerthon, Ceni é herói outra vez. Leia mais
Nílson Cesar: Deu São Paulo, e o Palmeiras precisa reforçar. Mais

Atrás no placar, o Palmeiras foi forçado a sair da defesa, mas ao mesmo tempo deixou espaços para os contra-ataques rivais. Conforme o jogo se aproximou do fim, o São Paulo ficou mais recuado. Aos 43min, o time alviverde ainda teve a chance de chegar ao empate com pênalti duvidoso de Cicinho sobre Ivo. Mas Rogério Ceni decidiu e defendeu a cobrança de Ewerthon para selar o triunfo dos donos da casa.

As duas equipes voltam a atuar já neste fim de semana para a disputa da quinta rodada do Brasileiro. No sábado, o Palmeiras tem seu primeiro jogo como mandante fora do Palestra Itália. O time atuará contra o Grêmio Prudente na Arena Barueri. Já o São Paulo entra em campo no dia seguinte diante do Guarani, em Campinas.

SÃO PAULO 1 X 0 PALMEIRAS


SÃO PAULO
Rogério Ceni; Alex Silva, Xandão e Richarlyson; Cicinho, Jean, Hernanes, Marlos (Fernandinho) e Junior Cesar; Dagoberto (Jorge Wagner) e Fernandão
Técnico: Ricardo Gomes

PALMEIRAS
Marcos; Vítor, Maurício Ramos, Danilo e Gabriel Silva; Edinho, Márcio Araújo, Cleiton Xavier (Souza) (Paulo Henrique) e Lincoln; Vinicius (Ivo) e Ewerthon
Técnico: Jorge Parraga

Data: 26/05/2010 (quarta-feira)
Local: Estádio Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Auxiliares: Ednilson Corona e Emerson Augusto de Carvalho (ambos Fifa-SP)
Público: 15.522 torcedores
Renda: R$ 492.703,18
Cartões amarelos: Jean, Hernanes, Cicinho (2) , Richarlyson (SP); Maurício Ramos, Edinho (PAL)
Cartão vermelho: Cicinho (SP)
Gols: Fernandão, aos 10min do segundo tempo

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host