UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
13/11/2010 - 22h23

Para Roger, São Paulo e Palmeiras deviam 'entregar' seus jogos contra o Flu

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte

Após a derrota do Cruzeiro por 1 a 0 para o Corinthians, neste sábado, no Pacaembu, os jogadores do time celeste deixaram o gramado protestando contra a arbitragem de Sandro Meira Ricci. O meia Roger, que foi campeão brasileiro pela equipe paulista, afirmou que os possíveis erros cometidos pelo árbitro nascido em Minas Gerais devem motivar os arquirrivais corintianos São Paulo e Palmeiras a “entregarem” seus jogos contra o Fluminense, que também briga pelo título.

“Não adianta nada tentar agredir, xingar. Isso vai contra nós profissionais. O árbitro é amador, não tem isso como profissão de origem. Se for suspenso por um ou dois jogos, não acontece nada. Depois falam que o São Paulo e o Palmeiras não devem entregar o jogo para o Fluminense. Da maneira como está esse campeonato, isso, provavelmente, vai acontecer, porque o Corinthians está com o juiz do lado. Tomara que São Paulo e Palmeiras vejam isso e possam ajudar o Fluminense”, disse Roger, que foi revelado pelo tricolor carioca.

A equipe alviverde jogará contra o Fluminense, na penúltima rodada. Uma partida antes será a vez de o tricolor carioca enfrentar o São Paulo. Na última rodada do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro também terá confronto com um dos arquirrivais corintianos, o Palmeiras, em Sete Lagoas.

E meio aos protestos contra a arbitragem, o atacante Thiago Ribeiro lembrou de partida entre Internacional e Corinthians na reta final do Campeonato Brasileiro de 2005. Na edição vencida pelo time paulista, o árbitro mineiro Márcio Rezende Freitas não marcou pênalti sobre Tinga, e ainda expulsou o volante do time colorado.

“Durante a semana, quem acompanhou minhas entrevistas viu o que eu falei. Fico preocupado, porque o histórico é sempre em favor do Corinthians. O jogo que não sai da minha cabeça é aquele contra o Inter. Aquilo ali foi um assalto à mão armada o que fizeram contra o Inter, no Pacaembu. Mais uma vez a gente sai revoltado, porque perder ou ganhar faz parte do jogo. É impossível vencer o Corinthians e o Fluminense com arbitragem desse jeito”, destacou.

O CRUZEIRO NO TWITTER

As reclamações contra a atuação de Sandro Meira Ricci se concentraram no pênalti marcado nos minutos finais. A cobrança foi convertida por Ronaldo e garantiu o triunfo ao time paulista. Entretanto, Thiago Ribeiro protestou também contra a não marcação de uma falta sobre ele, próxima à grande área, pouco antes do gol corintiano.

“Houve uma falta que ele não deu em mim, que foi inadmissível. Estou com o pé doendo até agora. Numa chance real, o cara puxa o meu pé e ele não dá nada, depois tem coragem de dar um pênalti desse. É melhor entregar a taça para Corinthians e Fluminense logo e os times abandonarem o campeonato”, comentou.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host