! Obras no entorno do Engenhão complicarão deslocamento de torcedor até o fim do BR - Futebol - $estacao.titulo

UOL futebol

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro/serie-a/ultimas-noticias/2012/10/26/obras-no-entorno-do-engenhao-complicarao-deslocamento-de-torcedor-ate-o-fim-do-br.htm
  • Obras no entorno do Engenhão complicarão deslocamento de torcedor até o fim do BR
  • 21/12/2014
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
26/10/2012 - 13h55

Obras no entorno do Engenhão complicarão deslocamento de torcedor até o fim do BR

Luiz Gabriel Ribeiro e Vinicius Konchinski*
Do UOL, no Rio de Janeiro
  • Torcedores do Fluminense caminham após jogo no Engenhão nesta quinta e têm que desviar da obra

    Torcedores do Fluminense caminham após jogo no Engenhão nesta quinta e têm que desviar da obra

As obras da Prefeitura do Rio de Janeiro no entorno do Engenhão –administrado pelo Botafogo– se tornaram obstáculos para os torcedores na entrada e saída das partidas no estádio. Neste momento, duas intervenções importantes são realizadas perto do estádio. Um viaduto é erguido para criar uma nova saída para a arena ao mesmo tempo que uma obra da Rio-Águas está a pleno vapor em frente ao setor Oeste.

As duas intervenções continuarão complicando a vida do torcedor durante o final Campeonato Brasileiro deste ano e até junho do ano que vem. Ao final da vitória do Fluminense sobre o Coritiba, por 2 a 1, fãs da equipe das Laranjeiras tiveram muita dificuldade para deixar a arena. O problema também é rotina para torcedores de Botafogo e Flamengo.

O clube que administra a arena reclama da lentidão da Rio-Águas, responsável pela obra, em encerrar os trabalhos. O Botafogo assegura ter pedido rapidez para o fim da intervenção da área próxima à ala Oeste da arena. Os responsáveis pela obra abriram um enorme buraco na rua, o que causa problemas para o deslocamento dos torcedores, principalmente ao final das partidas, quando a concentração de pessoas é maior.

“A intervenção é necessária, mas está sendo feita na hora errada. Não entendo essa demora porque não sou engenheiro, mas o Botafogo já exigiu rapidez, reclamou. É um absurdo. Falta compromisso para atender bem o usuário do estádio. Essa obra deveria ser emergencial. Não critico a necessidade dela, mas sim a morosidade”, reclamou Sergio Landau, responsável pela administração do Engenhão.

Segundo o Botafogo, esta obra está em andamento há quatro meses. A previsão de término foi definida para entre os meses de janeiro e março. Procurada pelo UOL Esporte, a Rio-Águas informou que a obra começou em dezembro do ano passado e só terminará em junho de 2013.

Ainda segundo a Rio-Águas, as obras foram planejadas previamente. "Para a segurança de torcedores e pedestres, as obras são devidamente sinalizadas e cercadas por tapumes, isolando a área da obra", complementou o órgão, em nota à imprensa.

A construção do viaduto é uma obra do pacote olímpico previsto para revitalizar o entorno do Engenhão. A estrutura irá criar uma nova saída do estádio, pelo lado norte do estádio. De acordo com o Botafogo, o viaduto será entregue em janeiro.

*Atualizada às 19h