Fla bate Joinville com gol de Sheik, deixa degola e assegura Cristóvão

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Flamengo voltou a vencer após dois jogos e amenizou a crise no Campeonato Brasileiro. O time bateu o Joinville por 1 a 0, nesta quarta-feira, em Santa Catarina, e deixou a zona de rebaixamento. O gol de Emerson Sheik, o primeiro no retorno ao Rubro-negro, ainda deu sobrevida ao técnico Cristóvão Borges. Questionado nos bastidores, o treinador conseguiu um resultado fundamental para evitar a demissão imediata.

Com dez pontos, o Flamengo subiu para a 14ª posição e encara o Figueirense no próximo domingo, às 18h30, no Maracanã. Já o Joinville soma apenas quatro pontos e ocupa a lanterna. O JEC visita o Coritiba, sábado, às 15h, no Couto Pereira.

JOINVILLE 0 X 1 FLAMENGO

Local: Arena Joinville (SC)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Marcelo Bertanha Barison (RS)
Renda: R$ 426.230,00
Público pagante: 15.731
Cartões amarelos: Anselmo, Guti e Douglas Silva (Joinville); Jonas e Canteros (Flamengo)
Gol: Emerson Sheik, aos 10min do segundo tempo

Joinville
Agenor; Dankler, Douglas Silva, Guti (Marcelinho Paraíba) e Diego (Fabrício); Mário Sérgio, Anselmo, Danrlei (Niltinho) e Lucas Crispim; William Popp e Kempes.
Técnico: Adilson Batista.

Flamengo
César; Ayrton, Wallace, Samir (Marcelo) e Jorge; Jonas (Márcio Araújo), Canteros, Gabriel e Everton; Marcelo Cirino (Paulinho) e Emerson Sheik.
Técnico: Cristóvão Borges.

Fases do jogo

  • Primeiro tempoA partida começou nervosa e com uma perda significativa para o Flamengo. O zagueiro Samir, que coleciona lesões desde a última temporada, sentiu a coxa e deu lugar a Marcelo antes dos 5min. Além disso, o Joinville esteve melhor no início e construiu duas boas oportunidades para abrir o placar. Aos poucos, os cariocas melhoraram, mas o suficiente apenas para uma chance clara de gol. O jogo tornou-se equilibrado e também marcado pelos erros de passes em jogadas forçadas. Sobrou disposição. Faltou técnica.
  • Segundo tempoA etapa decisiva teve na pressão inicial do Flamengo o destaque. Aos 2min, Marcelo Cirino e Emerson Sheik tramaram boa jogada. O camisa 11 arrematou para defesa de Agenor. Aos 6min, Cirino deu belo toque de calcanhar e colocou Gabriel na cara do gol. O meia chutou fraco e nas mãos do goleiro do Joinville. Porém, aos 10min, Sheik tirou o Rubro-negro do sufoco. Gabriel bateu cruzado e o atacante completou para balançar a rede pela primeira vez desde que voltou ao Rio de Janeiro. A partir daí, o Flamengo teve outras chances e se defendeu como pôde para garantir mais uma vitória no Campeonato Brasileiro e a sobrevida ao técnico Cristóvão Borges.

Melhores

  • Emerson Sheik, FlamengoFoi mais uma vez o principal destaque do Flamengo. O camisa 11 correu, marcou e ainda foi premiado com o primeiro gol após o retorno ao Rubro-negro.
  • Marcelo Cirino, FlamengoDepois de longo tempo sem atuar bem, o camisa 7 apareceu com destaque na vitória sobre o Joinville. Lembrou um pouco as atuações do começo de 2015.

Piores

  • Samir, FlamengoO zagueiro do Flamengo voltou a se lesionar. Ele coleciona problemas físicos desde a última temporada e deixou o gramado da Arena Joinville sem esconder o abatimento com a falta de sequência na carreira.
  • Guti, JoinvilleDeu uma entrada violenta em Emerson Sheik e poderia ter sido expulso no primeiro tempo. Acabou substituído no intervalo.

Próximos Jogos - Joinville

  1. Coritiba CTB
    Joinville JEC
  2. Figueirense FIG
    Joinville JEC
  3. Joinville JEC
    Internacional INT
  4. Joinville JEC
    Ponte Preta PON
  5. Santos SAN
    Joinville JEC

Próximos Jogos - Flamengo

  1. Flamengo FLA
    Figueirense FIG
  2. Internacional INT
    Flamengo FLA
  3. Flamengo FLA
    Corinthians COR
  4. Náutico NAU
    Flamengo FLA
  5. Flamengo FLA
    Grêmio GRE


Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos