Fla bate Joinville com gol de Sheik, deixa degola e assegura Cristóvão

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Flamengo voltou a vencer após dois jogos e amenizou a crise no Campeonato Brasileiro. O time bateu o Joinville por 1 a 0, nesta quarta-feira, em Santa Catarina, e deixou a zona de rebaixamento. O gol de Emerson Sheik, o primeiro no retorno ao Rubro-negro, ainda deu sobrevida ao técnico Cristóvão Borges. Questionado nos bastidores, o treinador conseguiu um resultado fundamental para evitar a demissão imediata.

Com dez pontos, o Flamengo subiu para a 14ª posição e encara o Figueirense no próximo domingo, às 18h30, no Maracanã. Já o Joinville soma apenas quatro pontos e ocupa a lanterna. O JEC visita o Coritiba, sábado, às 15h, no Couto Pereira.

JOINVILLE 0 X 1 FLAMENGO

Local: Arena Joinville (SC)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Marcelo Bertanha Barison (RS)
Renda: R$ 426.230,00
Público pagante: 15.731
Cartões amarelos: Anselmo, Guti e Douglas Silva (Joinville); Jonas e Canteros (Flamengo)
Gol: Emerson Sheik, aos 10min do segundo tempo

Joinville
Agenor; Dankler, Douglas Silva, Guti (Marcelinho Paraíba) e Diego (Fabrício); Mário Sérgio, Anselmo, Danrlei (Niltinho) e Lucas Crispim; William Popp e Kempes.
Técnico: Adilson Batista.

Flamengo
César; Ayrton, Wallace, Samir (Marcelo) e Jorge; Jonas (Márcio Araújo), Canteros, Gabriel e Everton; Marcelo Cirino (Paulinho) e Emerson Sheik.
Técnico: Cristóvão Borges.

Fases do jogo

  • Primeiro tempoA partida começou nervosa e com uma perda significativa para o Flamengo. O zagueiro Samir, que coleciona lesões desde a última temporada, sentiu a coxa e deu lugar a Marcelo antes dos 5min. Além disso, o Joinville esteve melhor no início e construiu duas boas oportunidades para abrir o placar. Aos poucos, os cariocas melhoraram, mas o suficiente apenas para uma chance clara de gol. O jogo tornou-se equilibrado e também marcado pelos erros de passes em jogadas forçadas. Sobrou disposição. Faltou técnica.
  • Segundo tempoA etapa decisiva teve na pressão inicial do Flamengo o destaque. Aos 2min, Marcelo Cirino e Emerson Sheik tramaram boa jogada. O camisa 11 arrematou para defesa de Agenor. Aos 6min, Cirino deu belo toque de calcanhar e colocou Gabriel na cara do gol. O meia chutou fraco e nas mãos do goleiro do Joinville. Porém, aos 10min, Sheik tirou o Rubro-negro do sufoco. Gabriel bateu cruzado e o atacante completou para balançar a rede pela primeira vez desde que voltou ao Rio de Janeiro. A partir daí, o Flamengo teve outras chances e se defendeu como pôde para garantir mais uma vitória no Campeonato Brasileiro e a sobrevida ao técnico Cristóvão Borges.

Melhores

  • Emerson Sheik, FlamengoFoi mais uma vez o principal destaque do Flamengo. O camisa 11 correu, marcou e ainda foi premiado com o primeiro gol após o retorno ao Rubro-negro.
  • Marcelo Cirino, FlamengoDepois de longo tempo sem atuar bem, o camisa 7 apareceu com destaque na vitória sobre o Joinville. Lembrou um pouco as atuações do começo de 2015.

Piores

  • Samir, FlamengoO zagueiro do Flamengo voltou a se lesionar. Ele coleciona problemas físicos desde a última temporada e deixou o gramado da Arena Joinville sem esconder o abatimento com a falta de sequência na carreira.
  • Guti, JoinvilleDeu uma entrada violenta em Emerson Sheik e poderia ter sido expulso no primeiro tempo. Acabou substituído no intervalo.

Próximos Jogos - Joinville

  1. Coritiba CTB
    Joinville JEC
  2. Figueirense FIG
    Joinville JEC
  3. Joinville JEC
    Internacional INT
  4. Joinville JEC
    Ponte Preta PON
  5. Santos SAN
    Joinville JEC

Próximos Jogos - Flamengo

  1. Náutico NAU
    Flamengo FLA
  2. Flamengo FLA
    Grêmio GRE
  3. Goiás GOI
    Flamengo FLA


Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos