Cruzeiro perde Alisson e mais quatro para jogo com a Ponte. Luxa reclama

Do UOL, em Belo Horizonte

"O campeonato do Cruzeiro é um campeonato diferente. Vai ser sofrido até o final da temporada", assim o técnico Vanderlei Luxemburgo descreveu como vão ser os próximos 17 jogos da equipe celeste no Brasileirão. Com 22 pontos depois de 21 partidas, o Cruzeiro precisa somar mais 23 para não depender de outros resultados para evitar o rebaixamento.

E o primeiro compromisso nesse campeonato diferente que o Cruzeiro tem pela frente é a Ponte Preta. Nesta quarta-feira a equipe celeste vai até Campinas para um jogo com peso de confronto direito, já que o time paulista tem apenas cinco pontos a mais do que os mineiros e também disputam o Brasileiro para permanecer na elite nacional.

No entanto, o Cruzeiro não vai ter força máxima para importante partida no Moisés Lucarelli. Ao todo são cinco desfalques em relação ao duelo com o Santos. Certamente o caso que mais preocupa é o de Alisson. O meia se tornou a válvula de escape da equipe cruzeirense e participa de praticamente todas as jogadas ofensivas pelo lado celeste.

Alisson fica fora das partidas contra a Ponte Preta, Figueirense e Flamengo por causa de uma convocação para a seleção brasileira sub-23. Algo que deixou o técnico Vanderlei Luxemburgo profundamente irritado.

"Isso a gente sabia. Única coisa que a gente lamenta é que dentro de um Campeonato Brasileiro tão difícil e pegado, você perde um jogador importante que vai para a França treinar dez dias e fazer um jogo. Porque sacrificar os clubes brasileiros? Até se fosse data Fifa, pois já tem jogador indo para a seleção principal. Acho desnecessário, mas ver como vamos montar uma equipe para quarta-feira".

As dificuldades de Luxemburgo vão além de arrumar um substituto para Alisson. Se o brasileiro vai para a seleção sub-23, o Cruzeiro perde dois estrangeiros para suas respectivas seleções. O lateral esquerdo Mena está convocado para o Chile, enquanto Arrascaeta vai defender o Uruguai.

Para deixar a situação ainda mais complicada, outros dois titulares na partida com o Santos estão fora do duelo com a Ponte Preta. O lateral esquerdo Fabrício foi expulso já no final do confronto e o atacante Marinho recebeu o terceiro cartão amarelo. Ambos estão suspensos e só vão ficar à disposição do técnico para o jogo com o Figueirense, marcado para o dia 6 de setembro, no Mineirão.

Veja também



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos