Figueirense fica com um a menos, mas bate Vitória e encerra jejum

Do UOL, em São Paulo

O Figueirense precisou sofrer muito para acabar com a sequência de sete jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro, mas conseguiu esse importante feito neste sábado, no Estádio Orlando Scarpelli. O time bateu o Vitória por 1 a 0 mesmo com um jogador a menos desde os 40min do 1º tempo. Isso significa que agora o Figueirense está acima do Vitória na tabela e fora da zona de rebaixamento. O time alvinegro subiu para 20 pontos, enquanto o rubro-negro ficou com 19.

O jogo começou tranquilo para o Figueirense, que fez um gol com Dodô aos 14min e conseguiu dominar boa parte do jogo no 1º tempo. Mas Rafael Moura foi expulso aos 40min, por trombar com Kadu, e complicou o jogo para o time da casa. 

O 2º tempo virou um jogo de ataque contra defesa, com o Figueirense bastante recuado diante de um Vitória sem criatividade nenhuma, que não criou sequer uma grande chance de gol. As esperanças do Vitória acabaram aos 37min, quando Victor Ramos foi expulso e assim o jogo ficou equilibrado até o fim, mas sem alterações no placar.

Na próxima rodada o Figueirense vai enfrentar o Fluminense fora de casa, enquanto o Vitória buscará recuperação diante do Coritiba, em casa.

Quem foi bem: Dodô, de novo

O atacante ex-Atlético-MG fez seu segundo gol seguido no Campeonato Brasileiro. Ele já tinha marcado contra o Corinthians e abriu o placar no jogo deste sábado. Ele recebeu uma enfiada de bola, ficou de frente para o goleiro e finalizou. A bola ainda bateu no goleiro Fernando Miguel, mas entrou. O jovem cansou no 2º tempo e foi substituído por Maurides.

Expulsão estranha

Aos 40min do 1º tempo, Carlos Alberto discutia com Kanu, mas Rafael Moura resolveu entrar com tudo na briga. Ele deu uma trombada e derrubou o zagueiro do vitória, então foi expulso pelo juiz Leandro Vuaden.

Voltou com tudo

O veterano meia Carlos Alberto não jogava desde 12 de junho e conseguiu se destacar em seu retorno, neste sábado. Ele deu assistência para o gol do Dodô, acertou outros bons passes verticais e foi importante no 1º tempo. Posteriormente foi substituído por Ayrton.

Sem violência

O Vitória entrou em campo com uma camiseta para apoiar o zagueiro Victor Ramos, que foi agredido por alguns torcedores depois de derrota para o Santos. Nela estava escrito: "violência não combina com amor. Respeito é o melhor incentivo". O problema é que o jogador foi expulso no 2º tempo e certamente irritou de novo a torcida do Vitória.

FIGUEIRENSE 1 x 0 VITÓRIA

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Data: 30/7/2016 (sábado)
Árbitro: Leandro Vuaden (RS)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (ambos do RS)
Cartões amarelos: Ramon (VIT), Victor Ramos (VIT), Dodô (FIG), Caucaia (FIG), Rafael Silva (FIG), Marinho (VIT), Norberto (VIT)
Cartão vermelho: Rafael Moura (FIG)
Gol: Dodô, aos 14min do 1º tempo

FIGUEIRENSE
Thiago Rodrigues; Jeferson, Marquinhos, Bruno Alves, Pará; Elicarlos, Caucaia, Dodô (Maurides) e Carlos Alberto (Ayrton); Rafael Silva (Yago) e Rafael Moura.
Técnico: Argel Fucks

VITÓRIA
Fernando Miguel; Kanu, Ramon (Rodrigo Ramallo) e Victor Ramos; Diego Renan, Willian Farias, Serginho (Tiago Real) e Euller (Norberto); Vander, Marinho e Kieza
Técnico: Vágner Mancini



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos