Messi faz 3 golaços, garante vitória e se torna o maior artilheiro da história do Barça

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO/ JOSEP LAGO

    Messi comemora gol. Argentino se tornou o maior artilheiro da história do Barcelona

    Messi comemora gol. Argentino se tornou o maior artilheiro da história do Barcelona

Messi não precisa mais provar que é um dos maiores jogadores de futebol da história, mas a cada dia insiste em quebrar novas marcas. E em grande estilo. Nesta terça-feira, o argentino fez três golaços na vitória do Barcelona sobre o Granada por 5 a 3 e se tornou o maior artilheiro da história do clube com 234 gols em partidas oficiais.

TEMPORADAS DE MESSI

ANO GOLS
04/05 1
05/06 8
06/07 17
07/08 16
08/09 38
09/10 47
10/11 53
11/12 54
TOTAL 234

O melhor jogador do mundo entrou em campo precisando apenas de um gol para igualar o feito, mas não se contentou e fez um "hat trick". O recorde pertencia a Cesar Rodriguez que marcou 232 gols na década de 50. Vale lembrar que o recorde absoluto é de Paulino Alcántara, com 369 gols em 357 jogos oficiais e amistosos.

Não satisfeito, Messi ainda deu a assistência para o primeiro gol e começou a jogada do quarto, marcado por Tello. O argentino chegou aos 34 gols no Campeonato Espanhol e ultrapassou Cristiano Ronaldo, então líder da tabela de artilharia com 32.

O jogo começou com total domínio do Barcelona. O time se esforçava para acionar Messi para que ele quebrasse o recorde, mas foi justamente o craque quem serviu Xavi para abrir o placar aos 3 minutos. Após o tento, a equipe continuou mantendo sua eficiente troca de passes e a tradicional posse de bola.

Cuenca era muito acionado na esquerda e efetuou boas jogadas para o time catalão. Foi ele quem começou a jogada do gol histórico de Messi que pegou de primeira para ampliar aos 16 minutos. A equipe continuou com seu estilo de jogo e alcançou 75% da posse de bola.

D. ALVES CELEBRA RECORDE

"Estou muito feliz em participar deste dia histórico do Messi. Espero continuar colaborando com outros gols e aumentar esta marca. Estou feliz pelo meu amigo e sua marca"

Daniel Alves, autor de duas assistências para Messi e também de dois pênaltis

No segundo tempo, o Granada acordou. Tentou apertar a marcação e conseguiu dificultar a chegada do Barcelona no campo de ataque. A estratégia teve resultado, e o time diminuiu o prejuízo quando Mains desviou de cabeça para o gol aos 10 minutos após cobrança de falta.

Pouco depois, o time empatou quando Daniel Alves cometeu pênalti em Benítez. Siqueira converteu. O duelo parecia se complicar, mas o Barça ainda não havia mostrado todo seu repertório. O time ainda fez mais três gols, sendo dois de Messi e um do jovem Tello.

JUCA KFOURI: MESSI MESSIAS FENOMENAL

"A sala de troféus de Messi já tem uma porção de bolas que parecem dizer "Gracias, viejo!", tão bem ele as trata" Leia o posto completo

No fim, ainda houve tempo para um novo pênalti. Daniel Alves colocou a mão na bola dentro da área e acabou expulso. Na cobrança, Siqueira converteu com uma cavadinha e determinou o resultado do jogo em 5 a 3.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos