Neymar sai do banco, faz 1º gol e salva Barça da derrota contra o Atlético

Do UOL, em São Paulo

Veja Também

Neymar mais uma vez saiu do banco, mas desta vez, não foi mero coadjuvante como no último fim de semana. O atacante marcou o gol de empate por 1 a 1 entre Barcelona e Atlético de Madri, no jogo de ida da Supercopa da Espanha, em Madrid, nesta quarta-feira. O primeiro tento do ex-santista em um jogo oficial pelo clube espanhol foi de cabeça após cruzamento de Daniel Alves, aos 20min da etapa final.

O Barcelona teve muito trabalho para superar a forte defesa armada por Diego Simeone e não fez um bom jogo. Messi, apagado, foi substituído no intervalo após sentir dores na coxa esquerda, mas o time catalão contou com o talento e a estrela de Neymar para conquistar o bom resultado.

As duas equipes voltam a se enfrentar no dia 28 de agosto, desta vez no Camp Nou, e quem vencer fica com o título da Supercopa.   

O primeiro tempo do Atlético de Madri foi perfeito. O time do técnico Diego Simeone anulou as principais jogadas do Barcelona, recheou a entrada da sua área com marcadores – até os atacantes David Villa e Diego Costa ajudavam – e impediu que Messi abrisse espaços para as infiltrações dos companheiros.

E em um contra-ataque digno dos manuais de futebol, o time da capital espanhola abriu o placar com David Villa, jogador do Barça até a temporada passada, aos 11min. Contratado para substituir Falcao Garcia, o camisa 9 completou com categoria e precisão linda jogada do time

O gol logo cedo deixou o jogo muito nervoso. Diego Costa se desentendeu com Jordi Alba e até Daniel Alves e Filipe Luis, companheiros de seleção brasileira, discutiram após uma falta do jogador do Atlético de Madri.

Com o Atlético bem postado, Messi anulado e Neymar ainda no banco, o jogo teve poucas chances reais de gols e os donos da casa levaram a vantagem para o vestiário.

Já com Fábregas no lugar de Messi, mas ainda sem Neymar, o Barcelona voltou melhor do intervalo, criou boas chances, mas o time da casa seguia perigoso no contra-ataque.

Aos 13min, Tata Martino trocou Pedro por Neymar e sete minutos depois viu o atacante subir nas costas de Juanfran para mandar de cabeça para as redes de Courtois.

Simeone mexeu no time e o tornou mais ofensivo e menos pegador, o que favoreceu o Barcelona, que passou a ser mais perigoso. Porém, nenhum dos dois times conseguiu mexer no placar até o apito final. 

Notícias relacionadas



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos