Shevchenko vence duelo de ídolos e ofusca clássico em dia de protesto e lesão inusitada

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO/DAMIEN MEYER

    Shevchenko comemora após marcar seu segundo gol na Euro contra a Suécia

    Shevchenko comemora após marcar seu segundo gol na Euro contra a Suécia

O jogo mais esperado do dia era o clássico França e Inglaterra pela tradição das duas seleções e a rivalidade histórica entre os dois países. Mas Andriy Shevchenko roubou a atenção ao garantir a vitória para a Ucrânia por 2 a 1 sobre a Suécia e foi o protagonista do primeiro dia de competições do grupo D da Eurocopa.

Além de fazer a alegria da torcida jogando em seu país, Shevchenko venceu o duelo contra outro ídolo do Milan, Slatan Ibrahimovic. O sueco também balançou as redes, mas não igualou a grande atuação do rival que saiu de campo ovacionado.

O feito foi ainda mais especial porque deve ser a única participação do jogador em uma Eurocopa. É a primeira vez que na história que a Ucrânia disputa o torneio e Shevchenko já é um veterano com 35 anos. Ele, inclusive, adiou sua aposentadoria da seleção apenas para estar em campo.

A idade começou a pesar para o atleta que enfrentou problemas físicos antes da competição. Mas depois do feito, todos os problemas desapareceram. "Eu me sinto ótimo, como se eu tivesse 20 anos, então eu me sinto bem".

"Sinto menos adrenalina no meu corpo agora, mas mais na minha cabeça. Eu tentei estar no meu melhor, e fui bem sucedido. Este foi um jogo histórico para nós, uma grande vitória", disse, ao canal de televisão alemão ZDF. 

PREPARADOR DE GOLEIROS DA INGLATERRA SOFRE LESÃO

  • Alessandro Bianchi/Reuters

    A seleção da Inglaterra sofreu uma baixa importante, mas não foi dentro de campo. O preparador de goleiros Ray Clemence sofreu uma séria lesão no tendão de Aquiles ao ajudar o goleiro Joe Hart em seu aquecimento. Clemence reclamou de muitas dores e foi atendido ainda no campo pouco antes da partida contra a França pelo Grupo D.

    Pouco depois, o técnico Roy Hodgson confirmou que ele não poderá mais trabalhar no restante do torneio. Treinador de goleiros da seleção desde 1996, Clemence defendeu o Liverpool e o Tottenham Hotspur e participou de 61 jogos pela Inglaterra.

MEIA FRANCÊS MANDA JORNAL 'CALAR A BOCA' EM COMEMORAÇÃO

  • FRANCK FIFE/AFP

    Samir Nasri fez o gol da França no empate por 1 a 1 com a Inglaterra e foi eleito o melhor em campo. Na comemoração, nada de dancinhas ou homenagens à amada. O meia optou pelo sinal de silêncio em protesto ao diário francês L'Equipe.

    Na zona mista, Nasri disse que a 'dedicação' foi para um jornalista que o havia criticado. Após a partida, o jogador revelou que sua mãe se sentiu mal ao ler os comentários negativos sobre suas atuações. O técnico Laurent Blanc não quis se envolver com o assunto. "Isso é algo entre ele e seus críticos. É algo pessoal, não vou me meter nisso", disse.

DUELO DE BELAS SUECAS E UCRANIANAS NAS ARQUIBANCADAS

Últimas de Esporte



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos