Após atos de violência e racismo, grupo A da Eurocopa define classificados neste sábado

Do UOL, em São Paulo

  • Wojtek Radwanski/AFP

    Torcedores poloneses e russos brigaram antes de jogo entre as duas equipes

    Torcedores poloneses e russos brigaram antes de jogo entre as duas equipes

Neste sábado, o grupo mais problemático da primeira fase da Eurocopa 2012 conhecerá seus dois representantes nas quartas de final da competição. Às 15h45, a Grécia enfrenta a Rússia e a República Tcheca mede forças com a Polônia – as quatro seleções têm chances de classificação.

O grupo A tem sido cercado de incidentes extracampo desde o início do torneio. Na primeira rodada, o jogador tcheco Theodor Gebre Selassie foi vítima de insultos racistas por parte dos jogadores da Rússia, que acabou vencendo a partida por 4 a 1.

A polêmica causada pelo incidente foi tanta que Vitaly Mutko, Ministro dos Esportes da Rússia, se manifestou sobre o caso. O político negou que os torcedores de seu país tenham insultado o jogador adversário durante a partida.

"Assisti à partida e pude ver com meus próprios olhos. Não houve comportamento racista, toda essa história é falsa", afirmou.

No entanto, na segunda rodada, os russos voltaram a causar problemas. Antes do jogo contra a Polônia, torcedores das duas seleções entraram em conflito.

Se fora de campo o grupo A tem causado problemas, dentro a briga pelas duas vagas promete ser equilibrada. A Rússia lidera a chave com quatro pontos e enfrentará a lanterna Grécia, que tem 1. A República Tcheca, que tem 3, joga pelo empate contra a Polônia, que soma 2.

FAVORITA, REPÚBLICA TCHECA TENTA EVITAR 'ADEUS' PRECOCE

  • Odd Andersen/AFP

    A República Tcheca jogará pelo empate contra a Polônia. Mesmo entrando em vantagem, o técnico do time tcheco, Michal Bilek, tentou motivar seus comandados para a partida contra o adversário. "Não queremos dar adeus à Eurocopa. Respeitamos nosso adversário, mas não temos medo", afirmou. Astro da seleção, Rosicky (foto), que é dúvida para a partida, reforçou a necessidade por um bom resultado. "Não podemos entrar pensando que o empate é suficiente. Temos de tentar a vitória", declarou.

RÚSSIA REVIVE DUELO CONTRA A GRÉCIA E EVITA PENSAR NO EMPATE

  • ARMANDO BABANI/EFE

    Líder do grupo A, a Rússia precisa apenas de um empate contra a Grécia para garantir vaga nas quartas de final da Eurocopa. No entanto, o técnico da seleção russa Dick Advocaat não quer ver seus comandados abdicando da vitória. "Seria um grave erro. É preciso pensar em vencer", afirmou. As duas equipes se enfrentaram na primeira fase da Eurocopa de 2004, vencida pelos gregos. No entanto, a Rússia venceu aquela partida por 2 a 1.

TORCEDORES SÃO CONDENADOS NA POLÔNIA APÓS CONFUSÃO

  • Jerzy Dudek/Reuters

    Tentando acabar com a violência de torcedores na Eurocopa, tribunais poloneses condenaram mais de 20 torcedores à prisão por conta da briga que aconteceu antes do jogo Rússia x Polônia, válido pela segunda rodada do grupo A do torneio. As sentenças variam de três a doze meses e, além do tempo de prisão, os brigões terão de desembolsar multas de até 750 euros (aproximadamente R$ 1.955,70). Alguns dos casos estão sujeitos a apelação.

UEFA PROMETE MONITORAR CASOS DE RACISMO NA EUROCOPA

  • FABRICE COFFRINI/AFP

    Depois de incidentes envolvendo racismo nas primeiras rodadas da Eurocopa, a Uefa prometeu ficar de olho nos casos. Além do tcheco Gebre Selassie (foto), o atacante italiano Mario Balotelli também foi alvo de ofensas. "Recebemos a informação dos casos de cantos racistas durante as partidas entre Espanha e França e Rússia e República Tcheca e no momento a UEFA está investigando", afirmou a entidade, por meio de um comunicado oficial.

Últimas de Esporte



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos