Jogador sofre mal súbito em campo e corre risco de morte; Bolton diz que estado é crítico

Das agências internacionais
Em Londres (Inglaterra)*

  • AP Photo/Matt Dunham

    Fabrice Muamba, meia do Bolton, é atendido no centro do gramado após sentir-se mal

    Fabrice Muamba, meia do Bolton, é atendido no centro do gramado após sentir-se mal

O jogador congolês Fabrice Muamba, do Bolton, caiu desacordado no gramado durante a partida contra o Tottenham, válida pelas quartas de final da Copa da Inglaterra. O jogador de 23 anos foi internado em um hospital de Londres e está em 'estado crítico', segundo o próprio clube inglês.

Durante a noite, o clube e o hospital divulgaram uma nota oficial sobre o estado de saúde do atleta. "O Bolton Wanderers confirma que Fabrice Muamba foi admitido no Centro de Ataque Cardíaco do Chest Hospital de Londres, onde ele está numa condição crítica sob cuidados intensivos", disse o comunicado.

O Bolton não quis dar informações mais detalhadas sobre a fatalidade. "O clube e o hospital pedem que os meios de comunicação e o público respeitem a privacidade da família neste momento", finaliza a nota.

O quadro parece ter se agravado nas últimas horas. No fim da tarde, o The London Chest Hospital, havia informado que Muamba "estava em situação estável e respira por si mesmo".

A partida estava empatada em 1 a 1 e foi suspensa aos 41 minutos do primeiro tempo pelo árbitro Howard Webb. O jogador caiu no gramado, de bruços e tremendo bastante.

Os médicos tentaram reanimá-lo ainda no campo por mais de dez minutos. O jogador recebeu massagem cardica e deixou o gramado sem respirar sozinho e com a ajuda de uma máscara de oxigênio. Por meio do Twitter, o clube informou que o atleta foi encaminhado ao hospital após sofrer o colapso.

"O jogador apenas caiu, ninguém estava perto dele. Imediatamente, os outros jogadores sabiam que havia algo seriamente errado", disse David Pleat, ex-dirigente do clube e hoje comentarista.

Segundo a transmissão do Esporte Interativo, a decisão de cancelar a partida aconteceu em uma reunião dos próprios jogadores com o árbitro. Os jogadores pareciam não acreditar no ocorrido e segundo a imprensa inglesa alguns já choravam nos vestiários.

Os torcedores presentes no estádio também prestaram sua homenagem. Todos ficaram de pé e cantaram o nome do atleta como forma de apoio.

Formado nas categorias de base do Arsenal, Muamba, de 23 anos, nasceu em Kinshasa, na República Democrática do Congo (ex-Zaire), mas tem cidadania inglesa. Atuou pelo Birmingham em entre 2006 e 2008, quando reforçou o Bolton. Em seu clube atual, o jogador já realizou 130 partidas e marcou três gols.

VEJA REPERCUSSÃO ENTRE OS ATLETAS

*Atualizada às 19h30



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos