Do céu ao inferno. Coutinho é expulso após elogio de Suárez e convocação

Do UOL, em São Paulo

Philippe Coutinho foi do céu ao inferno. Na última sexta, foi elogiado por Luis Suárez e ainda foi convocado para a seleção brasileira. Um dia depois, foi expulso em um dia trágico para o Liverpool, que levou 3 a 0 do modesto West Ham em casa.

O lance inusitado para Coutinho aconteceu no início do segundo tempo, quando sua equipe já perdia por 2 a 0. O brasileiro, que já tinha amarelo, tentou desarmar um rival com um carrinho por trás e foi mais cedo para o vestiário, para desespero da torcida. Além de perder seu melhor jogador, o Liverpool ficou com um a menos e terminou o jogo levando mais um gol.

Foi o momento "inferno" de Coutinho, que teve uma semana para lá de positiva. A parte boa da história começou na última quinta, na festa que a Uefa promoveu em Monaco para sortear os grupos da Liga dos Campeões e entregar os prêmios da temporada passada. Segundo melhor jogador do continente segundo a entidade, Luis Suárez foi incisivo quando questionado sobre quem seria o melhor jogador do Campeonato Inglês, como mostra o vídeo abaixo, em inglês. 

"Meu jogador favorito no Campeonato Inglês é Philippe Coutinho", disse Luis Suárez, em um vídeo divulgado pelo Twitter oficial da Liga dos Campeões. A reverência tem a ver com o ano em que os dois jogaram juntos no Liverpool e quase venceram o Inglês.

Um dia depois, Dunga resolveu chamá-lo para os amistosos contra Costa Rica e Estados Unidos, no começo do próximo mês. Ele e Rafael Alcântara, do Barcelona, substituirão os lesionados Oscar e Ramires, do Chelsea. Desta forma, o técnico da seleção atendeu ao pedido de vários dos seus críticos, que reclamaram da ausência de Coutinho já na primeira versão. 



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos