UOL futebol

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/libertadores/ultimas-noticias/2013/03/06/gremio-estuda-atrasar-ida-para-caracas-temendo-problemas-politicos.htm
  • Grêmio estuda atrasar ida para Caracas temendo problemas políticos
  • 20/04/2014
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Após vencer o Caracas, o Grêmio cogita atrasar ida para Venezuela para domingo

Após vencer o Caracas, o Grêmio cogita atrasar ida para Venezuela para domingo

06/03/2013 - 09h00

Grêmio estuda atrasar ida para Caracas temendo problemas políticos

Marinho Saldanha
Do UOL, em Porto Alegre

A morte de Hugo Chávez gera uma série de incertezas na Venezuela. Com viagem planejada para o país no próximo sábado - visando o jogo de terça-feira contra o Caracas - o Grêmio estuda atrasar a ida e aguarda os próximos acontecimentos para definir sua programação.

"Houve uma situação. Vamos ver o que está acontecendo, nos prevenir, ficar atentos, algumas coisas estão acontecendo lá, se houver algum problema, é uma mudança natural de programação", disse o técnico Vanderlei Luxemburgo.

O Grêmio teme o clima que irá encontrar no país que perdeu seu presidente. Por isso, irá aguardar até o último momento para confirmar a ida antecipada. Inicialmente, a delegação partirá no sábado, chegando à noite em Caracas. Lá treinará no domingo e na segunda-feira.

A alternativa inicial é atrasar em um dia a viagem, partindo domingo, com chegada à noite. Assim, o único treinamento a ser realizado em solo venezuelano é o de reconhecimento do estádio Olímpico UCV.

"Faleceu um chefe de Estado. Lamentamos isso. Mas o presidente do Caracas me disse que o clima é de tranquilidade. Devemos viajar no sábado para confirmar nossa classificação. Teremos um jogo muito difícil lá", declarou o presidente Fábio Koff.

A determinação ocorrerá somente na quinta-feira, já que nesta quarta o elenco está de folga. O Grêmio venceu o Caracas por 4 a 1 na terça, na Arena, em complemento da terceira rodada do grupo 8 da Libertadores. No entanto pode voltar a perder a liderança da chave nesta quarta, pois o Fluminense enfrenta o Huachipato.

Placar UOL no iPhone