Barcelona vê Messi deixar artilharia "de lado" e sofre nova baixa na defesa com lesão de Piqué

Das agências internacionais
Em Barcelona (Espanha)

  • AP Photo/Daniel Ochoa De Olza

    Messi fez dois gols e teve atuação decisiva na vitória do Barcelona sobre o Spartak

    Messi fez dois gols e teve atuação decisiva na vitória do Barcelona sobre o Spartak

Lionel Messi teve participação fundamental na vitória por 3 a 2 do Barcelona sobre o Spartak Moscow, nesta quarta-feira, na primeira rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Quando o time russo surpreendia e vencia por 2 a 1 no Camp Nou, o argentino se mostrou decisivo: fez dois gols e definiu a vitória por 3 a 2 do time espanhol. O atacante, porém, descartou a artilharia como seu objetivo na temporada.

Até agora, Messi marcou dez gols em todos os jogos disputados pelo Barcelona. Além dos dois marcados na Liga dos Campeões, ele balançou as redes adversárias seis vezes no Campeonato Espanhol e mais duas na Supercopa da Espanha.

"Ser artilheiro não é meu objetivo na temporada. Quero me preocupar com os títulos, que são aquilo que queremos", afirmou Messi. O argentino elogiou o Spartak Moscow, que complicou a vida do Barcelona. "Eles tiveram mérito em deixar o jogo tão difícil, defendendo-se dentro da área e saindo no contra-ataque. Sentimos dificuldades, mas conseguimos virar", analisou.

O argentino também lamentou a lesão sofrida por Gerard Piqué. O zagueiro foi substituído ainda no primeiro tempo devido a um problema no tornozelo esquerdo e deve desfalcar o Barcelona de duas a três semanas. Sua presença no clássico contra o Real Madrid, em 7 de outubro, é incerta.

"É uma pena, porque tanto Puyol quanto Piqué são muito importantes. Contudo, temos outros jogadores em nosso elenco vindos da base", disse Messi.

O Barcelona já havia perdido outro zagueiro por lesão. Carles Puyol machucou o joelho durante o jogo contra o Getafe, pelo Espanhol, e deve ficar seis semanas afastado dos gramados.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos