UOL futebol

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/paulista/ultimas-noticias/2012/01/26/para-giba-estreia-do-barueri-na-a-2-deveria-ter-sido-paralisada-por-conta-da-chuva.htm
  • Para Giba, estreia do Barueri na A-2 deveria ter sido paralisada por conta da chuva
  • 24/10/2014
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
26/01/2012 - 14h02

Para Giba, estreia do Barueri na A-2 deveria ter sido paralisada por conta da chuva

Do UOL, em São Paulo
  • Ao lado do presidente Domingos Brito, Giba (e) é apresentado como novo técnico do Grêmio Barueri

    Ao lado do presidente Domingos Brito, Giba (e) é apresentado como novo técnico do Grêmio Barueri

Na teoria, o Grêmio Barueri estreou na Série A-2 do Campeonato Paulista em duelo contra o Santacruzense, em Santa Cruz do Rio Pardo, nesta quarta-feira. Porém, na prática, não foi bem o que aconteceu. Um dilúvio tomou conta da cidade e do estádio Leônidas Camarinha, e o futebol entre as duas equipes ficou impraticável. Após 90 minutos, placar previsível de 0 a 0, e revolta do técnico Giba.

“A equipe estava bem no primeiro tempo, e a expectativa era de melhora, passada a ansiedade dos primeiros momentos da estréia. Com dez minutos de jogo, da forma que estava o campo, o mais certo no meu entendimento era se parar o jogo e esperar uma melhor condição do tempo”, analisou o técnico Giba.

Em função do gramado pesado, o treinador do Grêmio Barueri resolveu ‘sacar’ alguns jogadores mais leves - como Thiago Gentil e Marcelinho - durante a partida, e recebeu elogios do presidente Domingos Brito pela iniciativa.

“O Giba fez muito bem de poupar esses atletas, além de características desfavoráveis por serem muito leves, com as condições de jogo também foi importante as trocas para se evitar um lesão para o jogo de sábado [contra o União São João de Araras]”, declarou o dirigente do clube de Barueri.

“A continuidade da partida expôs os atletas a uma contusão séria, o resultado normal com condições como essa somente poderia ser 0 a 0”, acrescentou o presidente.

Mesmo sob forte chuva, o Grêmio Barueri chegou a balançar as redes adversárias, mas o gol acabou anulado pelo assistente. O lateral direito Marcos Pimentel cruzou na medida para Magrão desviar para as redes quase na pequena área, antecipando a defesa adversária. Porém, Leonardo Ferreira Alves levantou a bandeira e marcou impedimento no polêmico lance.

Placar UOL no iPhone