1. Capivariano CPV
    Red Bull Brasil RED
  2. Ituano ITU
    Linense-SP LIN

Quarta-feira 03/02/2016 - 21:45

Moisés Lucarelli, Campinas

2ª rodada

0
Ponte Preta Ponte Preta
Pós-jogo
2
Santos Santos
  • Ricardo Oliveira
  • Gabriel

Santos espanta 'fantasma' dos jogos fora de casa e vence a Ponte Preta

Do UOL, em Santos (SP)

O Santos espantou o "fantasma" dos jogos como visitante ao vencer a Ponte Preta por 2 a 0, nesta quarta-feira, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Paulista. Em 2015, a equipe santista não alçou voos maiores por causa do péssimo retrospecto fora de casa.

No Campeonato Brasileiro, por exemplo, o Santos terminou com apenas uma vitória longe de casa – contra o Cruzeiro. No total, foram apenas nove vitórias, dez empates e 15 derrotas como visitante.

Para conquistar a primeira vitória como visitante no ano, o Santos contou com os seus artilheiros – Ricardo Oliveira e Gabriel Barbosa. O primeiro abriu o placar após bela assistência de Gabigol. Já o camisa 10 marcou o seu em cobrança de pênalti, sofrido por Lucas Lima.

Com a vitória diante da Ponte Preta, o Santos assumiu a liderança do Grupo A do Paulistão, com quatro pontos ganhos. A Ponte Preta, por sua vez, fica na lanterna do Grupo B, com nenhum ponto ganho. A equipe santista volta a campo contra o Ituano, sábado, às 11h, na Vila Belmiro. O time de Campinas sai para pegar o Linense, no estádio Glibertão, na próxima quarta-feira. 

Ficha Técnica - Ponte Preta 0 x 2 Santos
 
Data e horário: 3 de fevereiro de 2016, (às 21h45 de Brasília)
Local: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Fausto Augusto Viana Moretti
 
Gols: Ricardo Oliveira aos nove minutos e Gabigol aos 37 minutos do primeiro tempo
 
Cartões amarelos: Paulinho (Santos); Eurico (Ponte Preta)
 
Ponte Preta: João Carlos; Nino Paraíba, Tiago Alves, Ferron e Gilson (Jeferson); Eurico (Jonas), Elton, Clayson (Rhayner), João Victor e Felipe Azevedo; Alexandro 
Técnico: Vinícius Eutrópio
 
Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo e Zeca; Renato, Thiago Maia (Alison) e Lucas Lima; Paulinho (Patito Rodríguez), Gabriel Barbosa (Victor Bueno) e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior. 

Fases do jogo

  • Primeiro tempoO Santos começou o jogo cometendo os mesmo erros da partida de estreia no Paulistão, quando empatou com São Bernardo na Vila Belmiro. O time de Dorival Júnior apostava nos lançamentos, a maioria deles interceptados pelos defensores da Ponte Preta. No entanto, após tomar um susto ao ver a Ponte marcar um gol anulado pela arbitragem, a equipe santista abriu o marcador com o artilheiro Ricardo Oliveira. O destaque da jogada ficou por conta de Gabriel Barbosa, que recebeu a bola na entrada da área, levantou a cabeça e cruzou nos pés do camisa 9, que tocou para o gol praticamente sem goleiro. A Ponte Preta só foi assustar o goleiro Vanderlei aos 31 minutos, quando Clayson arriscou chute da entrada da área. A bola passou perto da trave. Mas foi a equipe santista que balançou as redes novamente. Aos 37 minutos, Lucas Lima sofreu pênalti, e Gabriel cobrou para fazer 2 a 0. A Ponte ainda acertou uma cabeçada na trave, enquanto o Santos quase marcou mais um gol com Lucas Lima, que chutou rasteiro e a bola passou perto da trave.
  • Segundo tempoA Ponte Preta melhorou, foi mais ofensiva, mas expôs a falta de qualidade técnica de seus atletas. Clayson, Rhayner, João Victor, Felipe Azevedo e Alexandro abusaram dos erros nas finalizações. Quando acertou o gol, caso de Alexandro em cabeçada, Vanderlei fez uma ótima defesa. O Santos apostou nos contra-ataques e quase ampliou com Paulinho, que chutou de dentro da área e acertou o travessão da Ponte Preta.

Destaque

  • Fugindo do vestiárioPor causa do forte calor no vestiário visitante do estádio Moisés Lucarelli, o Santos resolveu realizaram a conversa do intervalo no gramado. As entrevistas coletivas também foram realizadas no campo.

Melhores

  • Gabriel Barbosa, SantosO camisa 10 foi responsável por uma linda assistência para o gol de Ricardo Oliveira, marcou o segundo gol do Santos em cobrança de pênalti. Além disso, Gabigol prendeu bem a bola no ataque e apanhou bastante do adversário em campo.

Piores

  • Clayson, Ponte PretaO atacante quase não participou do jogo. Não ajudou na marcação, finalizou mal quando teve uma oportunidade e foi substituído no intervalo.

Próximos Jogos - Ponte Preta

  1. Linense-SP LIN
    Ponte Preta PON
  2. Ponte Preta PON
    Botafogo-SP BOT
  3. Ponte Preta PON
    São Bento SBE
  4. Audax-SP AUD
    Ponte Preta PON
  5. Ponte Preta PON
    São Paulo SPA

Próximos Jogos - Santos

  1. Santos SAN
    Ituano ITU
  2. Grêmio Novorizontino GNO
    Santos SAN
  3. Palmeiras PAL
    Santos SAN
  4. Santos SAN
    Mogi Mirim MOG
  5. Red Bull Brasil RED
    Santos SAN

Veja também



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos