UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2011/12/03/manifestantes-fazem-protesto-contra-intencao-de-privatizar-o-estadio-do-maracana.htm
  • Manifestantes fazem protesto contra intenção de privatizar o estádio do Maracanã
  • 31/10/2014
  • UOL Esporte - Futebol
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Reforma do Maracanã para a Copa do Mundo de 2014 está orçada em R$ 1 bilhão

Reforma do Maracanã para a Copa do Mundo de 2014 está orçada em R$ 1 bilhão

03/12/2011 - 16h08

Manifestantes fazem protesto contra intenção de privatizar o estádio do Maracanã

Agência Brasil
No Rio de Janeiro

Membros do Comitê Popular da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos realizaram na manhã deste sábado uma manifestação em frente ao estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, contra a intenção do governo estadual fluminense de entregar à iniciativa privada a gestão da arena após a Copa do Mundo de 2014.

Obras para a Copa de 2014
Obras para a Copa de 2014

Integrante do comitê, o manifestante Marcos Alvito explicou que a reforma orçada em R$ 900 milhões está sendo feita com dinheiro público e não com investimento privado.

“O pensamento do Comitê Popular da Copa e das Olimpíadas é que o Maracanã é um bem público, é um patrimônio de todos os cariocas e dos brasileiros. É até um patrimônio da humanidade, que a gente não pode gastar R$ 1 bilhão de dinheiro público no Maracanã e entregar à iniciativa privada. Quer dizer, o Estado fica com o prejuízo e a iniciativa privada, com o lucro”, afirma Marcos Alvito.

De acordo com o manifestante, o protesto também alertou para possibilidade de uma “elitização” do futebol com a tendência de aumento do preço dos ingressos e cada vez maior a ausência das famílias com menor renda dos estádios.

O protesto foi o primeiro da campanha “O Maracá é Nosso”. Além da briga contra a privatização do Maracanã, o comitê também se mostra contrário à remoção de famílias de comunidades carentes para a construção de instalações do Mundial e dos Jogos Olímpicos Rio-2016, caso da Vila Autódromo, em Jacarepaguá.

Placar UOL no iPhone