UOL Esporte Futebol
 
Mowa Press

Lucas comemora gol do Brasil contra o Uruguai, na decisão do Sul-Americano

13/02/2011 - 02h00

Brasil goleia Uruguai para conquistar título sul-americano e vaga olímpica

Thales Calipo
Em Arequipa (Peru)

Dois gols em dois minutos no fim do primeiro tempo deram o tom do último jogo do Brasil no Sul-Americano Sub-20. O Uruguai, primeiro time a garantir classificação para as Olimpíadas de Londres-2012, não teve mais chances. A seleção brasileira venceu por 6 a 0, garantiu a vaga olímpica e conquistou o título da competição.

OS MOMENTOS DE NEYMAR NO JOGO

  • Mowa Press

    Neymar foi o alvo preferido dos uruguaios, que tentaram mais acertar o tornozelo do que a bola

  • Mowa Press

    O primeiro gol: após belos dribles, Lucas rolou para Neymar, que chutou na saída do goleiro do Uruguai

  • O segundo: depois de um belo chute de William José, ele aproveitou o rebote: 9º gol no Sul-Americano

O resultado foi prova da superioridade verde-amarela em toda a competição. A goleada começou com Lucas. Dois golaços aos 40 e 41 minutos do primeiro tempo. Depois, quem brilhou foi Neymar, com mais dois gols. Chegou a 9 e se tornou o maior artilheiro da história da competição.

Uma pena o show brasileiro ter acontecido em um palco tão ruim. O sábado foi de muita chuva em Arequipa e o gramado do estádio Monumental Unsa sentiu. Após dois jogos, o campo estava pesado, enlameado, escorregadio. Não que tenha feito muita diferença.

Após superar o nervosismo da decisão – sem se esquecer que é um torneio de adolescentes, alguns deles com pouca experiência –, a seleção fez o primeiro aos 40. Após tabela com Neymar, Alex Sandro achou Lucas na entrada da área. O meia do São Paulo abriu espaço e chutou, vencendo o goleiro Ichazo.

O segundo gol, na sequência, foi ainda mais bonito. Lucas arrancou pela direita, entrou na área e chutou cruzado. A bola entrou no ângulo – ele bateu com a chapa do pé na bola e Neymar estava dentro da área. Ele nunca dirá, porém, que o chute do golaço foi, na verdade, um cruzamento errado.

Com 2 a 0 contra, os uruguaios perderam a calma. Adrián Luna deu um carrinho em Oscar e acabou expulso. Na volta do intervalo, foi a vez do Brasil ter o seu jogador mandado para o vestiário. Saimon disputou, dentro da área, com Cepelini e acabou derrubando o rival. Pênalti para o Uruguai e o segundo amarelo do jogo para o zagueiro brasileiro.

O que poderia deixar o jogo mais equilibrado, porém, só serviu para acabar com o Uruguai. Vecino chutou por cima do travessão e acabou com o bom momento uruguaio. O responsável por garantir a vitória brasileira foi Danilo. Aos 5min, entrou na área uruguaia pela direita, chutou cruzado. A bola entrou.

Depois, o Brasil só teve o trabalho de evitar os pontapés do rival e marcar mais três gols. No quarto, Lucas dribla pela direita e deixa Neymar na cara do goleiro. Brasil 4 x 0, aos 12 minutos. O quinto veio aos 16min. William José chutou, Ichazo rebateu e Neymar pegou o rebote.  O sexto, aos 35: Lucas driblou dois e chutou no ângulo do gol Uruguaio.

Ficha da Partida

Uruguai Uruguai Técnico: Juan Verzeri
12. Ichazo
2. Platero
13. Olivera
6. Cabrera
3. Polenta
16. Prieto
14. Arias
15. Cayetano
5. Pereira
18. Mayada
7. Adrián Luna
8. Vecino
9. Federico Rodríguez
10. Cepelini
0 6
Brasil Brasil Técnico: Ney Franco
1. Gabriel
2. Danilo
19. Saimon
4. Juan
6. Alex Sandro
5. Casemiro
13. Galhardo
16. Fernando
11. Oscar
10. Lucas
15. Gabriel Silva
7. Neymar
18. Diego Maurício
20. Willian José

Data: 13/02/2011 - 00h10

Local: Monumental UNSA.

Árbitro: Antonio Arias

Auxiliares: Francisco Mondria e Rodney Aquino

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host