UOL Esporte Futebol
 
Apu Gomes/Folhapress

Ronaldo dará coletiva nesta segunda-feira para anunciar sua aposentadoria

13/02/2011 - 19h04

Ronaldo confirma aposentadoria para jornal; coletiva na segunda é divulgada

Do UOL Esporte
Em São Paulo *

O fim da carreira do atacante Ronaldo está mesmo cada vez mais perto. Depois que o Blog do Birner confirmou que o Fenômeno convocaria uma coletiva na segunda-feira para anunciar o fim de sua carreira, o camisa 9 do Corinthians confirmou ao jornal Estado de S. Paulo que irá mesmo parar de jogar futebol.

BIRNER: EM CAMPO, NÃO VALE MAIS

"Não tenho a menor dúvida que Ronaldo foi ótimo negócio para o Alvinegro. Financeiramente, ainda é. Em campo, não".

"Não aguento mais". "Eu queria continuar, mas não consigo. Penso uma jogada, mas não executo como quero. Tá na hora. Mas foi lindo pra caramba", declarou para o jornal.

A assessoria de imprensa do Corinthians não confirmou a informação, mas os boatos aumentaram com a confirmação de que Ronaldo convocou os jornalistas para uma coletiva às 12h40 no CT Joaquim Grava. Os jogadores se reapresentarão às 10h30, mas apenas o Fenômeno falará.

Ronaldo foi apontado pela torcida do Corinthians como um dos principais culpados pela eliminação precoce contra o Tolima na Pré-Libertadores. Na ocasião, o jogador admitiu que pensou em se aposentar, mas mudou de ideia.

     LANCES DE PAULISTA X CORINTHIANS

Seu melhor amigo enquanto jogou no Corinthians, o lateral esquerdo Roberto Carlos deu uma resposta um tanto quanto curiosa ao saber de possibilidade da aposentadoria de Ronaldo e que o Fenômeno irá falar sobre o assunto nesta segunda.

"Ele já convocou a entrevista? Meu Jesus, lá vem a bomba", declarou para a Rádio Globo. "Vou tentar falar com ele, vou tranquilizá-lo, esperar para ver o que ele resolve. Espero que ele não pare. É uma pessoa maravilhosa, que colocou o Corinthians no lugar que merece. Vamos ver, esperar amanhã".

Já o técnico Tite assumiu o seu lado 'torcedor', já que deseja muito que Ronaldo não confirme a aposentadoria e continue a atuar com a camisa do Corinthians. O treinador admitiu que apelou até para a religião para a permanência do jogador.

"Não falo isso como demagogia e querer fazer média, falo do sentimento de um homem profissional. Quero que ele fique perto das pessoas que o querem bem. Eu fico torcendo, desejando para que ele fique. Fiz uma oração para que tenha luz", declarou após o empate sem gols contra o Paulista.

* Atualizada às 19h50

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host