UOL futebol

Mercado da Bola

Confira tudo o que acontece no mercado do futebol nacional

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2011/11/10/santos-encurta-contrato-de-neymar-e-assume-risco-de-saida-gratuita-em-2014.htm
  • Santos encurta contrato de Neymar e assume risco de saída gratuita em 2014
  • 31/07/2014
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
10/11/2011 - 06h00

Santos encurta contrato de Neymar e assume risco de saída gratuita em 2014

João Henrique Marques
Em Santos (SP)

Para garantir a permanência de Neymar até o fim da Copa do Mundo de 2014, o Santos criou um novo contrato diminuindo o prazo de validade do atacante no clube. A manobra pode fazer o craque deixar o alvinegro de forma gratuita caso cumpra o plano de carreira traçado.

Agora, Neymar tem vínculo com o Santos até julho de 2014 – anteriormente o prazo expirava em fevereiro de 2015 -. A saída sem compensação financeira ao clube é trabalhada até com provável.

Neymar
Neymar

“Isso deve acontecer, sim. Mas o importante é garantirmos um jogador como ele aqui por mais tempo. Depois podem existir novos contratos. O Santos não é um clube em busca de pagar dividendos aos torcedores. E sim de títulos. Com o Neymar sempre estaremos mais pertos disso”, argumentou Luis Alvaro.

R.GAÚCHO DEIXOU O GRÊMIO DE GRAÇA

  • O Grêmio evitou vender Ronaldinho durante dois anos, mas o meia trocou o Grêmio pelo PSG-FRA em 2001. O clube brasileiro não recebeu nada, já que Gaúcho ficou sem contrato em fevereiro. Em 2003, o clube francês o negociou com o Barcelona por cerca de R$ 45 milhões, em valores atuais.

A redução no tempo de contrato foi uma exigência do pai de Neymar e o agente Wagner Ribeiro. A intenção é a de deixar o caminho livre para Real Madrid e Barcelona negociarem salários pelo jogador futuramente.

“Em 2014 o Neymar pode ter a oportunidade de começar a carreira na Europa com 22 anos. Ainda será cedo, pois ele é muito jovem. Só que ainda podemos também fazer novos contratos com o Santos”, citou Neymar Santos Silva, o pai do atacante.

A venda de Neymar atualmente representaria cerca de 30 milhões de euros (cerca de R$ 72 milhões) ao Santos nos cálculos do clube. Com a permanência do jogador por mais dois anos e meio, os dirigentes não acreditam que possam chegar perto desse lucro. Apesar disso, acreditam em ganhos significantes.

“Nós vamos aumentar nossos valores de patrocínios e as nossas negociações nas cotas televisivas. É natural que com tudo isso as contribuições ao jogador também sejam revistas. Só que ele vai nos dar um patrimônio inestimável em pouco tempo. Acreditamos que podemos chegar a ser a terceira maior torcida do país”, concluiu Luis Alvaro.

Placar UOL no iPhone