UOL futebol

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2011/12/06/rai-lamenta-morte-de-irmao-socrates-e-usa-evento-no-engenhao-como-forma-de-homenagea-lo.htm
  • Raí homenageia Sócrates em evento e diz que 'muitos jogadores virão por causa dele'
  • 29/07/2014
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Mesmo de luto após morte do irmão Sócrates, Raí tenta cumprir agenda de fim de ano

Mesmo de luto após morte do irmão Sócrates, Raí tenta cumprir agenda de fim de ano

06/12/2011 - 19h41

Raí homenageia Sócrates em evento e diz que 'muitos jogadores virão por causa dele'

Bernardo Gentile
No Rio de Janeiro

A morte inesperada do ex-atacante Sócrates, no último domingo, pegou todos ligados ao mundo do futebol de surpresa. Muitas homenagens foram feitas para o ex-atleta durante a última rodada do Campeonato Brasileiro, mas o ex-jogador Raí tenta cumprir todos os compromissos de fim de ano como uma forma de prestar as últimas condolências ao seu irmão mais velho. A partida beneficente da Fundação Gol de Letra, realizado nesta terça-feira, no Engenhão, acabou se tornando um destes eventos em memória ao ídolo da torcida do Corinthians.

"Tudo acaba se tornando uma homenagem. Tenho certeza que muitos dos jogadores virão por causa dele também, como uma forma de homenagem. A lembrança dele estará sempre pairando entre nós, fazendo nos lembrar o gênio que ele foi", disse Raí.

O ex-camisa 10 do São Paulo admite que todos na sua família ficaram muito abalados com a notícia da morte de Sócrates. O ex-atacante já havia sido internado por conta de um problema no fígado e ainda se recuperava quando foi atacado por uma bactéria, que lhe causou uma infecção generalizada. No entanto, mesmo com a surpresa, Raí e toda a família tentam seguir adiante com a vida lembrando de tudo que o ídolo corintiano fez dentro e fora dos gramados.

"Foi inesperado, apesar de a gente ter tomado sustos a família fica sempre bem abalada. Eu busco força nos amigos, na união da família, para seguir em frente para continuar a nossa luta, para nos orgulhar de toda história, de toda luta, que ele construiu, em todas as conquistas que ele esteve. Suas ideias e convicções, que foram importantes para o país como um todo", disse Raí, celebrando toda a história deixada pelo irmão.

"Ele foi sempre alguém muito corajoso, até na época da ditadura, se colocando a favor da democracia, da liberdade, mostrado toda sua coragem e ideal. Foi muito importante também para  esporte, para o Corinthians, que o homenageou e ficamos muito agradecidos. Isso demonstra que ele teve reconhecimento por tudo que fez. Ele ficará marcado na memória do povo brasileiro como alguém que fez algo importante", finalizou.

Raí participará na noite desta terça-feira no Engenhão de uma partida promovida pela "Fundação Gol de Letra", administrada por ele e pelo ex-jogador Leonardo, de uma partida entre jogadores e ex-jogadores, no Engenhão. Além do ex-jogador do São Paulo, participarão da festa Alexandre Torres, Andrade, Bebeto, Djalminha, Edmundo, Fábio Luciano, Gonçalves, Júnior, Maurício, Mauro Galvão, Pedrinho, Ricardo Rocha, Zinho, Túlio Maravilha, entre outros.

Placar UOL no iPhone