UOL futebol

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/02/28/pai-de-fred-revela-acordo-entre-atacante-e-medico-do-flu-para-fugir-de-convocacao.htm
  • Pai de Fred revela acordo entre atacante e médico do Flu para fugir de convocação
  • 18/12/2014
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Motivo da mentira seria uma insatisfação após a Copa América

Motivo da mentira seria uma insatisfação após a Copa América

28/02/2012 - 09h50

Pai de Fred revela acordo entre atacante e médico do Flu para fugir de convocação

Do UOL, em São Paulo

Em entrevista ao jornal Marca Brasil desta terça-feira, 28, o pai do atacante Fred, Juarez Pinheiro, revelou que o jogador do Fluminense pediu para o médico do Fluminense avisar à CBF, em setembro do ano passado, que precisaria ser cortado devido a uma grave lesão. Na época, o jogador havia sido convocado para o primeiro jogo do Superclássico contra a Argentina, dia 14, em Córdoba. Segundo Juarez, a atitude foi uma resposta a Mano.

"Ele pediu para os médicos do Fluminense ligarem para a CBF e dizerem que ele estava com uma lesão muscular. Estava muito bravo porque depois da Copa América, quando reclamaram muito do Pato, em vez do Mano chamá-lo, convocou o Damião e ele ficou de fora."

Fred
Fred

Ainda segundo o pai do atacante, Fred chegou a brincar com ele. "Ele chegou para mim e disse: 'Pai, fiz uma coisa que você vai me bater'". O pai do artilheiro não aprovou a atitude do filho e torceu para Mano Menezes ligar. "Não deu outra. O Mano ligou e disse: 'Se apresenta da maneira que está'".

Fred se apresentou na Argentina, sendo examinado pelo médico da seleção Rodrigo Lasmar, que sentenciou uma lesão leve. "Se fosse um jogo decisivo, ele poderia jogar no sacrifício". Por fim, o atleta acabou sendo cortado demonstrando abatimento. "Eu queria ter ficado. Vou treinar amanhã no Fluminense para provar que estou bem".

E de fato, no dia seguinte, Fred treinou normalmente e causou estranhamento. Por fim, Juarez disse que o filho e o técnico da seleção tiveram uma conversa na qual o jogador teria exposto sua insatisfação. Mano teria dito que confiava nele e, por isso, não precisava mais avaliá-lo.

Placar UOL no iPhone