UOL futebol

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/04/17/felipao-brinca-com-cristiano-ronaldo-pessoas-tem-inveja-dele-porque-ele-come-todas.htm
  • Felipão brinca com Cristiano Ronaldo: "Pessoas têm inveja dele porque ele come todas"
  • 29/07/2014
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Cristiano Ronaldo deixa o campo após o empate de Portugal com o Brasil

Cristiano Ronaldo deixa o campo após o empate de Portugal com o Brasil

17/04/2012 - 15h19

Felipão brinca com Cristiano Ronaldo: "Pessoas têm inveja dele porque ele come todas"

Do UOL, em São Paulo

O técnico Luiz Felipe Scolari, do Palmeiras, brincou com a fama de marrento de Cristiano Ronaldo. Usando a passagem que teve com o craque do Real Madrid durante a seleção de Portugal, até a Copa de 2006, o treinador afirmou que os homens têm inveja dele por causa do sucesso que faz com as garotas.

"Ele é uma excelente pessoa, um craque no campo. As pessoas têm inveja dele porque ele é alto, forte, rico e come todas. Come todas, é verdade. A única coisa ruim na vida dele é o Messi. Porque se não fosse o Messi, ele seria melhor do mundo por 5 anos seguidos. É uma pessoa maravilhosa. Trabalha cotidianamente, é boleirão, gosta de uma brincadeira, de uma confusão. É um profissional do mais alto nível", disse Felipão arrancando riso dos presentes no programa Arena Sportv.
 

Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo

O tema da entrevista era sobre as qualidades de Cristiano Ronaldo, Neymar e Messi. O treinador também elogiou a evolução do santista e diz que todos os envolvidos, desde a família, até o técnico, Muricy Ramalho, e terminando no atleta merecem ganhar os parabéns pela boa fase do camisa 11 da Vila Belmiro.

Ainda em relação à Europa, Luiz Felipe Scolari afirmou que está ao lado de Muricy na hora de copiar o Velho Continente para acabar com a concentração dos jogadores. O problema, segundo o técnico do Palmeiras, é que boa parte dos jogadores não conseguiriam respeitar as normas.

"Eu já acabei com a concentração que fazia antigamente, de ficar dois dias antes de cada jogo. Hoje eu faço um dia só. Já acho que é bem melhor. Mas boa parte dos jogadores não tem capacidade de respeitarem tudo o que precisa ser respeitado em um dia antes. Não entendem o que precisa fazer. E por causa dessa parte, todos os jogadores pagam o preço", completou.

 

Placar UOL no iPhone