UOL futebol

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/05/10/tirone-diz-que-felipao-errou-no-discurso-e-libera-caminho-para-saida-do-treinador.htm
  • Tirone reprova discurso de Felipão e libera caminho para saída do treinador
  • 18/12/2014
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Dirigente conta que Felipão tem todo o direito de sair caso esteja insatisfeito

Dirigente conta que Felipão tem todo o direito de sair caso esteja insatisfeito

10/05/2012 - 17h47

Tirone reprova discurso de Felipão e libera caminho para saída do treinador

Danilo Lavieri
Do UOL, em São Paulo

O presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, reprovou a entrevista concedida por Luiz Felipe Scolari após vitória do Palmeiras contra o Paraná Clube. O treinador criticou a diretoria por não ter recursos financeiros para contratação de reforços. O dirigente respondeu nesta quinta que Felipão errou e que ‘não prenderá ninguém na cadeira’, avisando que o técnico não tem posição cativa no clube.

FELIPÃO DETONA DIRETORIA APÓS ÊXITO DO PALMEIRAS POR 4 A 0 EM BARUERI

  • O Palmeiras não só venceu, mas goleou o Paraná por 4 a 0 nas oitavas de final da Copa do Brasil nesta quarta-feira. O resultado, no entanto, não foi suficiente para acalmar Luiz Felipe Scolari que, sem falar com a imprensa há 15 dias, disparou críticas contra a sua diretoria por omissão.

"Não posso falar se ele tem vontade de ficar ou não no Palmeiras, porque não estou dentro dele. Mas eu não vou prender ninguém na cadeira. Se ele quiser sair, ele pode sair. A questão da multa é coisa de conversar. Mas eu não acho que ele quer sair. Mas se quiser, é só conversar", disparou Tirone.

Felipão tem contrato até dezembro de 2012.

O discurso do treinador causou reações imediatas entre os dirigentes e conselheiros, que consideraram a reação descabida e em hora imprópria, justamente após goleada por 4 a 0 e classificação na Copa do Brasil.

“Eu não sou o Banco do Brasil, não sou a Casa da Moeda. Temos que trabalhar com fluxo de caixa. O Palmeiras está com tudo em dia. Nós assumimos o clube o ano passado.  E ele sabe disso. Ele nos ajudou muito”, respondeu Tirone.

Logo na sua segunda resposta após a vitória do Palmeiras em Barueri, Felipão foi perguntado se o perfil de jogadores que o time contrataria seria de mais baratos e menos badalados, o técnico fez um longo discurso e deu até a entender que queria manter Fernandão e Ricardo Bueno.

“Tem que perguntar isso para o presidente, para os diretores. Eu apresentei uma lista com seis, sete nomes e não contrataram nenhum. Não tem dinheiro. Então tenho que ver esse tipo de contratação (mais barata). Mazinho e Fernandinho não custaram nada. Eu vou mais uma vez ajudar o Palmeiras. Espero que os dirigentes tenham hombridade de vir aqui e falar que não tem dinheiro. Fiz uma lista que tinha o Borges, o fulano e o beltrano, porque só tenho o Barcos nessa posição e ele tem dois amarelos”, disse Felipão.

Tirone rebateu Felipão nesta quinta e frisou que o Palmeiras foi sim às compras.

"Eu não vou pagar mais do que algum jogador vale, sendo que esse ano, vocês viram as contratações que nós fizemos. O Palmeiras foi o clube paulista, talvez do país, que mais contratou, que mais investiu. É só você ver os nomes: Luan, Henrique, Cicinho, Wesley, Barcos, Juninho, Daniel Carvalho... Façam as contas e veja. Se algum clube paulista investiu mais do que a gente, eu volto aqui e peço desculpas. Mas eu ja fiz as contas e o Palmeiras foi o que mais investiu".

Luiz Felipe Scolari
Luiz Felipe Scolari

Placar UOL no iPhone