UOL futebol

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/05/29/invicto-ha-9-jogos-mano-ve-selecao-poderosa-contra-pequenos-e-irregular-frente-a-potencias.htm
  • Invicto há 9 jogos, Mano tem seleção poderosa contra 'pequenos' e irregular frente a potências
  • 18/12/2014
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Mano venceu os últimos 7 jogos, 5 deles contra rivais acima da 20ª posição do ranking Fifa

Mano venceu os últimos 7 jogos, 5 deles contra rivais acima da 20ª posição do ranking Fifa

29/05/2012 - 06h05

Invicto há 9 jogos, Mano tem seleção poderosa contra 'pequenos' e irregular frente a potências

Bruno Thadeu
Do UOL, em Washington (Estados Unidos)

Mano Menezes completou 7 vitórias seguidas à frente da seleção brasileira ao superar a Dinamarca, 3 a 1, na Alemanha. São 9 jogos invicto. O rendimento impecável recente deu maior estabilidade ao treinador, mas camufla uma realidade diferente diante de equipes poderosas. O Brasil de Mano pode ser visto como arrasador de times maus colocados no ranking Fifa, mas bastante irregular contra seleções posicionadas entre as 20 melhores.

NEYMAR TREINA COM PATO NO ATAQUE E SERÁ TITULAR NO JOGO CONTRA OS EUA

  • Ricardo Stuckert/CBF

Analisando o ranking atual da Fifa como base, a seleção da era Mano estraçalhou rivais situados da 21ª posição em diante. Foram 14 jogos, com 11 vitórias, empates e nenhuma derrota, com 85,73% dos pontos.

Já diante de times situados no top 20 da Fifa, a seleção nacional vê seu aproveitamento cair para 45,83%.

Para estar turnê nos Estados Unidos, a seleção enfrentará duas equipes top 20 e um adversário jogando em casa.

Os amistosos serão contra os Estados Unidos (29º do ranking), dia 30; México (20º), dia 3 de junho, e Argentina (9º), duelo em 9 de junho.

“A gente está acostumado a ver o futebol brasileiro dar respostas positivas nos momentos de pressão maior, o que mostra que temos a qualidade, desde que com um comando equilibrado. Acho que não tem faltado isso internamente", comenta Mano.

OS 22 JOGOS DE MANO À FRENTE DA SELEÇÃO BRASILEIRA

2 a 0 nos EUA 0 a 0 Holada 2 a 3 Alemanha 2 a 0 Gabão
3 a 0 Irã 1 a 0 Romênia 1 a 0 Gana 2 a 0 Egito
2 a 0 Ucrânia 0 a 0 Venezuela 0 a 0 Argentina 2 a 1 Bósnia
0 a 1 Argentina 2 a 2 Paraguai 2 a 0 Argentina 3 a 1 Dinamarca
0 a 1 França 4 a 2 Equador 1 a 0 Costa Rica  
2 a 0 Escócia 0 a 0 Paraguai 2 a 1 México  

Entre as adversárias mal situadas no ranking e batidas pela seleção estão o Gabão (42º do ranking), Irã (52º), Egito (57º) e Costa Rica (59º).

São oito jogos disputados contra times do top 20, com três vitórias (Argentina, 9ª do ranking; Dinamarca, 10ª; e México, 20ª), dois empates (Holanda, 4ª do ranking; e Argentina), e três derrotas (Alemanha, 2ª; Argentina, 9ª ; e França, 16ª).

A Argentina é a equipe que mais vezes apareceu no caminho de Mano Menezes. O rival sul-americano venceu na única vez que teve Messi atuando (1 a 0), registrando um empate e uma vitória da seleção brasileira por 2 a 0.

Marin troca alerta a Mano por elogios pelo telefone

José Maria Marin destacou que entre suas primeiras ações como presidente da CBF passaria a regular as convocações de Mano Menezes. O dirigente analisaria nos nomes escolhidos pelo técnico. O bom resultado diante da Dinamarca fez Marin suavizar o discurso. Ele ligou para Mano Menezes. “Transmita o meus parabéns ao capitão da equipe (Thiago Silva) e a todos envolvidos”, disse Marin.

Placar UOL no iPhone