UOL futebol

Mercado da Bola

Confira tudo o que acontece no mercado do futebol nacional

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/09/20/santos-libera-ganso-para-o-sao-paulo-apos-penhorar-ct-contrato-sera-assinado-na-vila.htm
  • Santos libera Ganso para o São Paulo após penhorar CT; contrato será assinado na Vila
  • 16/09/2014
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Paulo Henrique Ganso está perto de ser anunciado como novo jogador do São Paulo

Paulo Henrique Ganso está perto de ser anunciado como novo jogador do São Paulo

20/09/2012 - 15h19

Santos libera Ganso para o São Paulo após penhorar CT; contrato será assinado na Vila

Samir Carvalho
Do UOL, em Santos (SP)

Após uma reunião entre a DIS, braço esportivo do Grupo Sonda, e dirigentes de Santos e São Paulo na manhã desta quinta-feira, a “novela” Paulo Henrique Ganso praticamente chegou ao fim. Para o meia ser anunciado oficialmente no Morumbi, falta apenas a assinatura do contrato, fato que acontecerá na Vila Belmiro.

Ganso assinará contrato de cinco temporadas no São Paulo, e receberá cerca de R$ 350 mil de salário.

Paulo Henrique Ganso
Paulo Henrique Ganso

Para aceitar a proposta de R$ 23,9 milhões dos dirigentes são-paulinos, o Santos envolveu a dívida antiga com a DIS.

O clube deixou de exigir o abatimento da divida de R$ 8 milhões que tem o grupo de investidores, devido as negociação de Wesley e André para a Europa, mas em troca pediu para a empresa reverter à penhora de 20% das receitas que o clube tem a receber de terceiros por um imóvel, o CT Meninos da Vila, que abriga as categorias de base alvinegras.

BLOG DO MILTON NEVES CRAVOU

Acabou a novela: Ganso é do São Paulo!

A penhora do CT era um desejo antigo do Santos no processo. O clube já tinha oferecido o imóvel para ser penhorado como garantia de pagamento da dívida em caso de derrota em segunda instância na Justiça. Porém, a DIS entrou com um recurso. Afirmou que o imóvel seria de difícil venda e pediu a troca pela penhora em dinheiro. A Justiça aceitou e determinou o limite de 20% em cada recebimento a que o clube tem direito.

No entanto, a empresa aceitou a penhora do imóvel para que o Santos liberasse a transferência de Ganso para o São Paulo. Além disso, a DIS investiu R$ 7,5 milhões para ajudar o clube do Morumbi a pagar os R$ 23,9 milhões, valor proporcional aos 45% dos direitos econômicos do atleta a que o Santos tem direito.

“Novela Ganso” começou em 2010

A novela entre Santos e Ganso começou em 2010, quando o clube desistiu de apresentar ao jogador um plano de carreira semelhante ao oferecido a Neymar. A diretoria santista voltou atrás no “acordo” após o atleta sofrer uma grave lesão no joelho.

O jogador acredita que foi desvalorizado pelo clube, já que a diretoria santista não o procurou durante o processo de recuperação.

Além disso, o Santos esquentou a briga na Justiça com a DIS, braço esportivo do Grupo, e detentora de 55% dos direitos econômicos do meia. O clube não repassou 25% da venda de Wesley ao Werder Bremen, da Alemanha, em 2010.

Por conta disso, Ganso recebeu várias propostas e esquentou os bastidores do futebol no Brasil, com os interesses de Grêmio, Flamengo, Corinthians e Internacional. Os três primeiros conversaram apenas com o jogador e seus representantes, enquanto o colorado gaúcho fez uma proposta oficial ao Santos, mas foi recusada.

Entretanto, o São Paulo foi o clube que conseguiu convencer a cúpula santista. Após ter duas propostas (uma de R$ 11 milhões e outra de R$ 13 milhões) por 45% dos direitos econômicos do jogador recusada pelo Santos, o clube do Morumbi resolveu pagar os R$ 23,8 milhões equivalentes a porcentagem do Santos.

Placar UOL no iPhone