UOL futebol

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/12/30/afastado-e-sem-chance-com-muricy-para-2013-fabio-costa-custa-dois-cassios-ao-santos.htm
  • Afastado e sem chance com Muricy para 2013, Fábio Costa custa 'dois Cássios' ao Santos
  • 20/12/2014
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Sem jogar, Fábio Costa fatura R$ 150 mil, quase o dobro do goleiro Cássio

Sem jogar, Fábio Costa fatura R$ 150 mil, quase o dobro do goleiro Cássio

30/12/2012 - 06h00

Afastado e sem chance com Muricy para 2013, Fábio Costa custa 'dois Cássios' ao Santos

Bruno Thadeu
Do UOL, em São Paulo

Fábio Costa entrará em 2013 da mesma forma como ocorreu neste ano no Santos: afastado do elenco e recebendo seus vencimentos em dia. Sua presença na Vila causa impacto no setor financeiro do clube. Fora dos planos de Muricy Ramalho para 2013, o goleiro recebe R$ 150 mil mensais, quase duas vezes mais do que ganha Cássio, do Corinthians, eleito o melhor jogador do Mundial de Clubes deste ano.

Cássio fatura em torno de R$ 80 mil mensais, bem menos do que o goleiro do Santos.

Fábio Costa
Fábio Costa

Devido à excelente performance no Japão e ao aumento do assédio europeu, o camisa 12 corintiano foi chamado pela diretoria do Parque São Jorge para fazer um novo acordo, em que deverá ter seu ordenado elevado na próxima temporada.

A situação de Fábio Costa no Santos é delicada. Nenhum clube se dispôs a pagar o salário integral. Já quando a Penapolense se comprometeu a pagar parte do salário (o Santos complementaria), foi a vez de Fábio Costa recusar a transferência.

Em 2011, Fábio ficou encostado no Atlético-MG, mas o Santos respondia por metade do pagamento dos salários. Na época, para tentar minimizar os gastos, foi estudada uma triangulação entre Santos, Atlético-MG e Bahia para repartissem os salários. Mas não deu certo.

O Santos paga integralmente os vencimentos do atleta desde janeiro de 2012, entre outras obrigações contratuais (13º salário, por exemplo).

No retorno ao Santos, em janeiro de 2012, ele também não teve espaço. Desde então passou a treinar separadamente

O retorno do elenco do Santos aos treinos está marcado para o dia 3 de janeiro; Fábio Costa não se reapresentará com os jogadores principais. Morando em Bertioga, o goleiro faz horários alternativos de treino no clube.

A estreita relação de Fábio com ex-presidente Marcelo Teixeira é vista pelo jogador como uma barreira no Santos. O goleiro entende que um acidente de trânsito em Bertioga também prejudicou suas atividades.

Placar UOL no iPhone