UOL futebol

Mercado da Bola

Confira tudo o que acontece no mercado do futebol nacional

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2013/01/09/diretoria-do-fla-usa-sigilo-por-reforcos-e-arma-cerco-contra-vazamento-de-informacoes.htm
  • Diretoria do Fla usa sigilo por reforços e arma cerco contra vazamento de informações
  • 25/10/2014
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
A nova diretoria do Flamengo tem mantido sigilo total na hora de contratar reforços

A nova diretoria do Flamengo tem mantido sigilo total na hora de contratar reforços

09/01/2013 - 06h00

Diretoria do Fla usa sigilo por reforços e arma cerco contra vazamento de informações

Rodrigo Paradella e Pedro Ivo Almeida
Do UOL, no Rio de Janeiro

Atrás de seus primeiros reforços para 2013, o Flamengo tem usado o sigilo total como arma nas negociações. O resultado é um verdadeiro cerco armado contra o vazamento de informações sobre os alvos do clube. A postura da nova diretoria é uma novidade no Rubro-negro, conhecido pela facilidade com que esse tipo de problema acontecia em um passado recente.

Os dirigentes tem seguido à risca a cartilha, repassada sempre aos empresários que negociam com o clube. Um exemplo é o caso do lateral-esquerdo João Paulo, que disputou o Brasileiro do ano passado pela Ponte Preta. Orientado a se manter em silêncio, o agente do atleta se recusa a falar sobre uma negociação com o Flamengo. Recentemente, o Rubro-negro descartou o atacante Jorge Henrique justamente por seu empresário divulgar a negociação à imprensa.

Flamengo
Flamengo

“É uma política que tenho de trabalho, assim como o Wallim [Vasconcelos, vice de futebol] e toda esta diretoria. Nos só falamos com o jogador de contrato assinado e com exames médicos realizados. Aí comunicamos via nota oficial. Não estamos prometendo nada, até para não frustrar o torcedor”, explicou Paulo Pelaipe, diretor executivo do Flamengo, ao UOL Esporte.

A tática utilizada pela diretoria busca diminuir a pressão da torcida pelo sucesso de alguma negociação, o que muitas vezes diminui o poder de barganha do clube numa negociação. Além disso, o jogador e seu agente podem iniciar um leilão, uma vez que o nome na imprensa ganha notoriedade e, consequentemente, mais interessados. Pelaipe lamentou apenas o fato de alguns envolvidos não respeitarem o sigilo ideal para este tipo de negócio.

“Às vezes, aparecem alguns empresários e assessores de imprensa querendo ter seus quinze minutos de fama, mas isso não tem atrapalhado até aqui. Os jogadores com os quais estamos negociando não estão sendo falados na imprensa”, adiantou o dirigente.

Agente de João Paulo se cala, mas admite chance de ‘novidade’

Enquanto o Flamengo nega que existam negociações em curso com os nomes já conhecidos pela imprensa, o agente do lateral-esquerdo João Paulo, Marcio Fallah, não descarta o acerto com o Rubro-negro. Em sintonia com a política de sigilo do clube, o representante disse não estar autorizado a falar do assunto, mas deixou no ar que a transferência pode acontecer ainda nesta semana.

“Não posso falar sobre o João Paulo. Não estou autorizado a dar qualquer tipo de informação. De repente nesta semana temos alguma novidade”, disse Fallah ao UOL Esporte.

Placar UOL no iPhone