UOL futebol

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2013/06/15/negociacao-por-mano-enfraquece-pelaipe-e-flamengo-ja-mira-substituto.htm
  • Negociação por Mano enfraquece Pelaipe, e Flamengo já mira substituto
  • 25/07/2014
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
O diretor de futebol Paulo Pelaipe não participou diretamente da contratação de Mano

O diretor de futebol Paulo Pelaipe não participou diretamente da contratação de Mano

15/06/2013 - 06h02

Negociação por Mano enfraquece Pelaipe, e Flamengo já mira substituto

Rodrigo Paradella e Pedro Ivo Almeida
Do UOL, no Rio de Janeiro

A contratação de Mano Menezes pelo Flamengo mostra que o prestígio do diretor de futebol Paulo Pelaipe nos bastidores diminui a cada dia. Excluído das negociações que definiram a assinatura com o novo treinador, o dirigente não tem bom ambiente no clube. A alta cúpula da Gávea já conta até mesmo com um novo preferido para substituí-lo: Felipe Ximenes, atualmente no Coritiba. Oficialmente, porém, o Rubro-negro nega a situação.

Apesar de ter assumido em janeiro com total autonomia para comandar o futebol, Pelaipe não participou da negociação com o novo treinador rubro-negro. A exclusão aconteceu mesmo com o profissional tendo boa relação com Mano Menezes. O técnico tratou diretamente com membros do conselho diretor do Flamengo, como Wallim Vasconcellos, Luiz Eduardo Baptista e Rodrigo Tostes, vices de futebol, marketing e finanças, respectivamente.

Flamengo
Flamengo

O nome de Pelaipe vem perdendo força no Flamengo nas últimas semanas. A alta cúpula não enxerga com bons olhos as grosserias do dirigente com subordinados e a insistência com Carlos Eduardo, contratação feita pelo profissional. Os resultados em campo também não contribuíram para o relacionamento entre os mandatários e o executivo do futebol.

Com Paulo Pelaipe em xeque, o Flamengo já mira o possível substituto. O superintendente de futebol do Coritiba, Felipe Ximenes, agrada pelo bom trabalho realizado no time paranaense nos últimos anos. Mesmo com um orçamento menor que o do Rubro-negro, o dirigente levou a equipe da Região Sul às boas campanhas nas Copas do Brasil de 2011 e 2012, anos em que ficou com o vice da competição.

GROSSERIAS E INSISTÊNCIA COLOCAM PAULO PELAIPE EM XEQUE NO FLA

  • Alexandre Vidal/Fla Imagem

    Contratado para ser o homem forte do futebol do Flamengo e com carta branca para mandar no departamento, Paulo Pelaipe já não goza mais do mesmo prestígio nos bastidores do clube. Por conta de seu temperamento explosivo, que muitas vezes terminou em grosserias com seus subordinados, e da insistência por ver o meia Carlos Eduardo no time, o dirigente já vê seu futuro em xeque no rubro-negro.

Pesa a favor do Rubro-negro a vontade de Ximenes de voltar a trabalhar no Rio de Janeiro. O profissional já teve passagens por Vasco, Fluminense e Botafogo, além de ter sido sondado pela própria diretoria do Flamengo antes do acordo com Paulo Pelaipe, em dezembro. Na ocasião, o time da Gávea competiu com o Cruzmaltino para tirá-lo do Coritiba, mas ambos fracassaram na tentativa. A volta do ídolo Alex à equipe paranaense e o projeto ambicioso do Alviverde podem causar mais uma recusa do executivo, que chegou ao clube há quatro anos.

A troca seria uma atitude extrema dos dirigentes após a piora nas relações. Há quase dois meses, a alta cúpula tentou uma solução mais branda e sondou o ex-zagueiro Fabio Luciano para assumir uma posição intermediária, de supervisor de futebol. A intenção era dividir o comando e reduzir o autoritarismo de Pelaipe. A ideia, no entanto, não avançou devido a compromissos profissionais do ex-atleta.

Mano Menezes
Mano Menezes

Placar UOL no iPhone