Botafogo esbarra em valores de Nilmar e Walter e quer opções para ataque

Bernardo Gentile
Do UOL, no Rio de Janeiro

Nilmar
Nilmar

Veja Também

O Botafogo procura no mercado um atacante para a disputa da Libertadores em 2014.  E a diretoria está pensando alto para reforçar o elenco para a próxima temporada. Prova disso é que os dirigentes sondaram Nilmar e Walter. Porém, as cifras envolvidas atrapalharam o avanço nas negociações. Assim, o Alvinegro procura novas opções para entrar na competição continental com um grupo competitivo.

O primeiro a ser sondado foi Walter, que pertence ao Porto e disputou a última temporada pelo Goiás, onde se destacou. Vários times brasileiros se interessaram e com o Botafogo não foi diferente. Porém, o time português, com que o atacante tem vínculo até 2016, não tem interesse em fazer novo empréstimo, mas apenas em uma venda.

E é nesse ponto que a negociação ficou puxada para o Botafogo. O Porto não aceita negociar o atacante por um valor inferior a 8 milhões de euros – R$ 25,6 milhões. A quantia é considera alta para o clube de General Severiano, que ainda teria que negociar o salário do atleta, em torno de R$ 200 mil.

"O Botafogo tem interesse no Walter, mas não passou de sondagem nesse momento. Inicialmente ele se apresentará no dia 3 de janeiro no Porto e se algum clube quiser tirá-lo de lá terá que gastar dinheiro, claro. O Porto não quer mais empréstimos, então complica. Além disso, eles perderam um atacante e o Walter chega para ser solução", disse o empresário Teodoro Fonseca ao UOL Esporte.

Apesar de ter tentado Walter, o principal nome da lista do Botafogo era o de Nilmar. O atacante é sonho antigo do clube de General Severiano e também teve seu preço consultado. O Al Rayyan-QAT é o atual time do jogador, que tem contrato até junho de 2016, pediu 5 milhões de euros – R$ 16 milhões.

Em maio de 2012, o Al Rayyan-QAT pagou aproximadamente R$ 19 milhões ao Villareal para comprar Nilmar. Porém, o atacante mantém o desejo de voltar ao Brasil e já pediu para ser emprestado, o que não deverá ocorrer. O salário do jogador gira em torno dos R$ 350 mil, o que não seria um problema para o Botafogo, que não pagará pela transferência.

O Botafogo voltou a se classificar para a Libertadores após 17 anos, mas seu planejamento inicial tem assustado a torcida. Após decidir pela não renovação de Oswaldo de Oliveira, o Alvinegro anunciou a efetivação de Eduardo Húngaro para a próxima temporada. Além do treinador, o único reforço até agora é Jorge Wagner, de 35 anos, e que estava no Kashiwa Reysol-JAP.

BOTA ENCARA DEPORTIVO QUITO NA PRÉ-LIBERTADORES; VEJA GRUPOS

Notícias relacionadas



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos