Amarilla admite erro contra o Corinthians, mas nega armação

Do UOL, em São Paulo

O árbitro Carlos Amarilla concedeu uma entrevista para o canal Sportv nesta terça-feira falando a respeito das acusações que contra sua atuação na partida entre Corinthians e Boca Juniors, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores de 2013.

"Posso dizer que o futebol é feito de humanos, com virtudes e defeitos. Jogadores erram, técnico erram, dirigentes erram, jornalistas erram e árbitros erram. Temos que decidir dentro de campo, na hora do lance. No toque de mão foi claro, mas eu estava atrás da jogada, tinham jogadores na frente. Tanto que só um jogador reclamou", admitiu o árbitro paraguaio.

O polêmico jogo terminou empatado por 1 a 1 e culminou na eliminação da equipe paulistana. Após o jogo, o técnico Tite reclamou de diversos lances. O erro admitido por Amarilla trata-se de um lance onde o zagueiro Marin coloca a mão na bola e apenas Emerson Sheik é quem reclama.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos