UOL Esporte Lutas
 
AP

Jon Jones venceu Vladimir Matyushenko no UFC Live 2 com duras cotovelada

02/08/2010 - 00h28

Na volta de Big John ao UFC, Jones rouba cena com cotoveladas na luta principal

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O card esvaziado do UFC Live 2 tinha o juiz Big John McCarthy como maior atração. Árbitro da luta mais morna do card, o ex-aposentado foi ofuscado por Jon Jones, que, no combate principal, aplicou uma série de cotoveladas no veterano Vladimir Matyushenko e venceu ainda no primeiro round.

  • Jon Jones comemora vitória sobre veterano Vladimir Matyushenko na luta principal no segundo UFC Live

Apesar de não se tratar de uma competição de ponta do MMA, o UFC Live atrai muitos fãs por ser exibido diretamente na TV a cabo, e não no pay-per-view, como os combates tradicionais. Ao contrário da primeira edição, quando jovens promissores subiram no octógono, a disputa em San Diego teve um card esvaziado.

Mesmo assim, Jon Jones garantiu o ingresso dos espectadores. Na disputa com Matyushenko, de 39 anos, o jovem norte-americano, de 23, conseguiu o nocaute técnico com 1min52s. A finalização foi com uma sequência de cotoveladas na orelha do oponente, que pouco pôde fazer para evitar a derrota.

Ao fim da luta, Jones falou sobre a vontade de lutar no evento principal do UFC após deixar mais um UFC Live como estrela. Na primeira edição do evento, em março, ele havia batido Brandon Vera na disputa principal, firmando-se como nome promissor entre os meio-pesados (até 93kg).

BRASILEIRO VENCE NO CARD PRELIMINAR POR NOCAUTE

Charles Oliveira, em sua estreia no UFC, foi o astro do card preliminar do UFC Live. O brasileiro venceu Darren Elkins com uma chave de braço em 41s. A finalização foi tão chamativa que foi exibida no meio do card principal, com direito a entrevista empolgada do lutador.

O fim impactante do UFC Live acabou por ofuscar John McCarthy, famoso juiz de MMA que estava fora do UFC desde 2007. Sob seus olhares, enfrentaram-se Mark Muñoz e Yushin Okami, com vitória por pontos deste último, em decisão dividida do juízes.

Nos dois primeiros combates do card principal, o japonês Takanori Gomi venceu o americano Tyson Griffin por nocaute e Jake Ellengerber ganhou de John Howard por nocaute técnico. Neste último combate, o destaque foi o inchaço no olho esquerdo de Howard, que já não enxergava completamente no terceiro round e, por isso, foi eliminado pelos médicos. 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host