UOL Esporte Lutas
 
07/08/2010 - 23h38

Cigano dá surra em gordinho Roy Nelson e vai disputar cinturão do UFC

Rodrigo Farah
Em Oakland (EUA)
  • Júnior Cigano venceu Roy Nelson por decisão unânime e vai disputar cinturão dos pesados

    Júnior Cigano venceu Roy Nelson por decisão unânime e vai disputar cinturão dos pesados

O brasileiro Júnior “Cigano” dos Santos não conquistou seu sexto nocaute consecutivo no UFC. Entretanto, a revelação do MMA fez o que precisava para se garantir como o próximo desafiante do cinturão dos pesos pesados. Neste sábado, o catarinense de 25 anos esbarrou em um valente Roy Nelson, mas no fim faturou a vitória na 117ª edição do evento, em Oakland (EUA).

Famoso pelo tamanho da sua barriga, o gordinho norte-americano esbanjou vontade ao longo do duelo. Mas isso não foi suficiente para evitar a surra dada pelo brasileiro após uma disputa aberta e marcada pelo grande número golpes conectados por ambos os lutadores.

Agora, Cigano enfrentará o vencedor do confronto entre o atual campeão, Brock Lesnar, e o desafiante Cain Velázquez. Os dois têm luta marcada para o UFC 121, daqui dois meses e meio. “O Roy é duro. Ele mostrou que treinou muito para chegar aqui, mas eu também treinei. O Brock ou o Cain serão mais duros que o Roy, mas eu estarei pronto”, prometeu Cigano após o triunfo.

O combate começou com ambos os atletas poupando os golpes. Mas após os dois saírem do clinch, o brasileiro começou a desferir uppercuts com potência que derrubaram o norte-americano. Nelson ainda mostrou persistência e não desistiu, porém não fez o suficiente para tirar a vantagem de Cigano no primeiro round.

Após o intervalo, Roy Nelson voltou com a disposição renovada e por isso conectou bons golpes no brasileiro. Embalado por gritos de “USA” da torcida, o anfitrião machucou o rosto do rival, visivelmente mais desgastado do que no início da luta.

Mas a história mudou no round final. Além de voltar a distribuir bons socos em Nelson, Cigano ainda aplicou uma queda no adversário e fechou o combate com superioridade para faturar a decisão unânime dos juízes.

Com o resultado, Cigano chegou à impressionante marca de seis vitórias consecutivas no UFC, com 100% de aproveitamento. Não só isso, como o atleta de Santa Catarina ostenta cinco nocautes a seu favor e apenas este triunfo na decisão dos juízes. Antes desta noite ele já havia superado nomes como Fabrício Werdum e Mirko Cro Cop.

Após o triunfo de Júnior dos Santos, Ricardo “Cachorrão” Almeida acabou finalizado pela lenda do UFC Matt Hughes. Depois de levar um forte golpe do rival, o brasileiro não resistiu e acabou estrangulado pelo ex-campeão dos meio-médios ainda no primeiro round.

Já Rafael dos Anjos ainda mostrou boa forma contra Clay Guida no começo do combate. Porém, não conseguiu continuar após levar um forte golpe do norte-americano no round final e saiu derrotado. Thiago Alves, por sua vez, foi derrotado por Jon Fitch na decisão dos juízes mesmo com as vaias do público pelo estilo pouco ousado, mas ainda assim eficaz do dono da casa

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host