Antes e depois: Lutador leva 15 pontos após rasgo na testa, mas festeja bônus do UFC

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Twitter

    Eddie Wineland levou pontos na testa por conta de um corte em sua vitória no UFC on FX 3

    Eddie Wineland levou pontos na testa por conta de um corte em sua vitória no UFC on FX 3

Eddie Wineland foi uma das figuras centrais do UFC on FX 3, nesta sexta-feira, em um combate parelho com Scott Jorgensen e um nocaute que provou seu poder de superação. O norte-americano sofreu um grande corte na testa e, apesar do sangue, manteve a calma para voltar a vencer depois de dois revezes seguidos na organização.

Depois do combate, Wineland teve de levar 15 pontos para consertar o ferimento. Por outro lado, o azarão foi premiado com o bônus de melhor nocaute da noite pelo UFC, aumentando seus ganhos em US$ 40 mil pela boa performance.

O resultado lhe rendeu o respeito de Dana White. "Você sempre pode dizer que um lutador tem todo o necessário quando sofre um corte desses, sangra como um doido e ainda consegue tentar vencer. Acho que foi um dos três cortes mais feios que vi em 11 anos de UFC", afirmou o presidente do UFC.

"Muitos caras se apavoram quando veem todo aquele sangue e enxergam nos telões o tamanho do corte. Mas Wineland se manteve na luta e venceu. Ele é o cara", completou o dirigente.

  •  

O norte-americano afirmou que a atitude foi devido a toda uma forma diferente de entrar no octógono, devido à pressão que ele estava sofrendo.

"Eu sabia que tinha de vencer, senão seria demitido, então vim para esta luta com uma mentalidade totalmente diferente", afirmou o ex-campeão do WEC, um peso galo de 19 vitórias, oito derrotas e um empata em nove anos como profissional.

Últimas de Esporte



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos