Em fogo cruzado, Belfort chama Bisping de hooligan e inglês diz que rival está velho

Jorge Corrêa e Maurício Dehò
Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Twitter/Vitor Belfort

    Belfort e Bisping posaram em clima de descontração, mas depois trocaram provocações

    Belfort e Bisping posaram em clima de descontração, mas depois trocaram provocações

Estrelas da volta do UFC a São Paulo, no dia 19 de janeiro, Vitor Belfort e Michael Bisping estiveram próximos nesta quarta-feira, em um evento promocional realizado na capital paulista. E, apesar de pregarem respeito um pelo outro, eles não conseguiram fugir das provocações. O inglês colocou em dúvida o gás do veterano brasileiro e disse que o carioca está velho. Já Belfort chamou o rival de hooligan e afirmou que as declarações só aumentam a sua fome de vencer em São Paulo, 15 anos após bater Wanderlei Silva no ginásio do Canindé.

LEIA MAIS SOBRE O UFC SP

  • Em seu menor evento no Brasil, UFC sobe 45% o preço dos ingressos de menor valor em SP

  • Torcedor do United, rival de Belfort vira-casaca no Mundial e seca o Corinthians

Belfort e Bisping receberam a imprensa separadamente, mas foram "delatados" quanto às provocações. O carioca afirmou que quer "devolver o hooligan à Califórnia", onde o inglês mora atualmente. Ao saber que foi chamado assim, como se costuma mencionar os torcedores mais violentos de futebol da Inglaterra, o visitante se mostrou contrariado.

"Hooligan? Sério que ele me chamou de hooligan?", afirmou Bisping, com cara de desapontamento. "Ele não sabe o que está falando. Mas tudo bem, vamos ver quem vai mandar quem para onde."

O inglês foi questionado sobre a última luta de Vitor Belfort, em que o brasileiro quase finalizou o campeão dos meio-pesados Jon Jones no primeiro round, mas acabou finalizado. E foi ácido:

UFC São Paulo
UFC São Paulo

Bisping, que é veterano do UFC e já participou do reality show The Ultimate Fighter, não resistiu em provocar novamente. Ao falar sobre idade para aposentadoria, o lutador de 33 anos falou que isso depende muito de atleta para atleta, mas deixou "escapar": "Olhe, por exemplo, para Vitor. É só você ver a cada dele, ele parece velho". O brasileiro é só dois anos mais velho que ele.

BELFORT PROVOCA BISPING: 'HOOLIGAN'

Vitor não deixou por menos e, ao saber sobre as provocações quanto à sua condição física, disse que usa o que o oponente fala como combustível na parte motivacional. "Meu amigo, manda ele se preparar. Aliás, não fala para ele não. Deixa ele achar isso. Ele tem que se preparar primeiro para passar do primeiro, mas no restante, vamos achar isso. Que bom, que bom. Ele não sabe a fome que está me dando", retrucou o ex-campeão.

"Aquela luta foi como todas as de Vitor. Ele foi bem no primeiro round", disse Bisping, fazendo uma longa pausa. "E foi isso! O Vitor é um cara muito musculoso, e caras assim se cansam. Ele falou que vai me nocautear no primeiro ou no segundo round? Então, quando ele estiver no terceiro round com as mãos no quadril, ofegante, nós vamos ver. "


Eu realmente acho que sou o maior desafio que o Vitor pode ter. O Anderson é o número 1 da categoria, e nessa luta teremos o número 2 e o número 3. Eu o 2, e ele [Belfort] o 3.

Michael Bisping, dando sua opinião sobre a "hierarquia" da categoria médio hoje

Se Belfort vem de uma derrota, mas acabou tendo o moral elevado por lutar fora de sua categoria e de última hora contra Jones, Bisping tenta recuperar o prestígio entre os médios. Ele foi derrotado por Chael Sonnen em janeiro, mas se recuperou ao bater Brian Stann em setembro. Ambos esperam chegar próximos de uma disputa de cinturão contra Anderson Silva, apesar de o campeão ter outros planos pela frente e negociar uma superluta contra Georges St-Pierre.

A volta do UFC a São Paulo a 15 anos, no dia 19 de janeiro, terá este combate como o principal e a presença de lutadores como Daniel Sarafian, Gabriel Napão  e Thiago Tavares nas lutas preliminares.

O Ultimate anunciou nesta quarta-feira a venda de ingressos para a noitada. As entradas serão comercializadas a partir de quinta-feira, às 10h (de Brasília) e custarão entre R$ 400 e R$ 1800 - todos os setores tem meia-entrada.

Últimas de Esporte



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos