Após 'geladeira' em rival do UFC, brasileiro ex-TUF pega Marajó em Barueri

Maurício Dehò
Do UOL, em São Paulo

  • Al Powers/Zuffa LLC/Getty Images

    Brasileiro Igor Araújo chuta Cortez Coleman durante combate no TUF 16, em 2012

    Brasileiro Igor Araújo chuta Cortez Coleman durante combate no TUF 16, em 2012

Veja Também

O UFC de Barueri, que será realizado em 9 de outubro na Grande São Paulo, terá mais um duelo brasileiro. Ildemar Marajó fará sua terceira luta na organização, contra um estreante, Igor Araújo. O mineiro chegou a participar da 16ª edição do TUF - o reality show do UFC - dos EUA. Depois assinou com o rival World Series of Fighting (WSOF), mas nunca chegou a lutar pelo evento.

Igor anunciou em seu Facebook a luta. "Depois de muito anos de luta, trabalho, sangue, suor e lágrimas, agora é oficial. Dia 9 de outubro vou estar lutando o UFC no brasil, obrigado meu Deus", disse ele. Em contato com o UOL Esporte, o lutador contou que o combate é contra o peso meiomédio Marajó e que assinou o contrato nesta terça-feira, na Suíça, onde mora. A reportagem também confirmou o combate com a equipe de Ildemar.

Antes da grande chance, Igor afirma que estava num momento complicado da carreira. Depois do TUF 16, em 2012, ele só fez um combate. Ao assinar com o World Series of Fighting, veio a decepção de nunca ser escalado para um combate.

"Eu fiz só uma luta depois do TUF. Assinei com o WSOF, mas houve muita indefinição com rivais e não me deram luta", detalha ele. A solução poderia ser difícil, mas surpreendentemente um simples papo resolveu. "Liguei para o Ray Sefo (presidente do WSOF) e pedi para ele me liberar. Ele me entendeu e liberou."

Os rumos mudaram do dia para a noite. "Para falar a verdade, eu estava desanimadão. Estava até pensando em dar um tempo com o MMA. Mas meu empresário me acordou com a noticia. Fiquei sabendo há cinco dias, e desde lá não durmo", contou ele.

Igor Araújo é especialista em jiu-jítsu e tem 23 vitórias e seis derrotas na carreira. Desde dezembro de 2008, perdeu apenas um combate, triunfando 12 vezes, sendo oito por finalização. No TUF, ele venceu duas vezes, mas acabou eliminado por Colton Smith, campeão do reality show naquele ano.

  • Arquivo Pessoal

    Igor Araújo assina o contrato para a luta

Contra Marajó, Igor mostra confiança. "Ele é bom sim, mas se você quiser entrar no UFC e pegar moleza, é melhor nem entrar", afirmou o brasileiro.

Marajó estreou no UFC de São Paulo, em janeiro, no meio-pesado, e finalizou Wagner Caldeirão. Em seguida, desceu para o meio-médio e venceu Leandro Buscapé em uma luta chata no UFC de Fortaleza, em junho.

Campeão do Bitetti luta em Barueri

Outra luta que deve ser anunciada em breve de forma oficial pelo UFC para o card de Barueri é entre Alan "Nuguette" Patrick e Garett Whiteley. A informação foi dada pelo Combate.com, e a luta marcará a estreia do campeão do Bitetti Combat, que está invicto em dez lutas realizadas no MMA profissional.

Confira o card até aqui:
Demian Maia x Jake Shields
Erick Silva x Dong Hyun Kim
Thiago Silva x Matt Hamill
Rony Jason x Jeremy Stephens
Rousimar Toquinho x Mike Pierce
Raphael Assunção x TJ Dillashaw
Hacran Dias x Rodrigo Damm
Fábio Maldonado x Joey Beltran
Ildemar Marajó x Igor Araújo
Iliarde Santos x Chris Cariaso
Alan Nuguette x Garett Whiteley

Notícias relacionadas



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos