UOL Olimpíadas
BUSCA




RECEBA O BOLETIM
UOL ESPORTE
 

 
19/08/2004 - 14h31
Thiago Pereira fica em quinto nos 200 m medley; Phelps é ouro

Murilo Garavello
Enviado especial do UOL
Em Atenas (Grécia)

Principal revelação da natação brasileira, desde o aparecimento de Gustavo Borges e Fernando Scherer no início da década de 90, Thiago Pereira não confirmou a expectativa. Dono da terceira melhor marca da temporada até o início das Olimpíadas de Atenas, ele ficou fora do pódio na prova dos 200 m medley, que teve vitória do norte-americano Michael Phelps.

Reuters 
Phelps comemora vitória nos 200 m medley, que lhe valeu o quarto ouro
Com o quinto lugar na final desta quinta-feira, Pereira deixa as Olimpíadas com meta cumprida, já que pretendia ficar entre os oito melhores do mundo. O brasileiro também disputou a prova dos 400 m medley, mas decepcionou e ficou apenas com o 17º tempo. Ao fim, ele chegou até a passar mal por causa da ansiedade pela estréia.

Pereira iguala o desempenho de Joanna Maranhão, outra jovem revelação da natação brasileira. Ela terminou em quinto lugar a prova dos 400 m medley, mas nem se classificou para a final dos 200 m medley. O Brasil também disputou a final do revezamento 4x200 m livre feminino e terminou em sétimo lugar.

O nadador teve grande apoio da torcida brasileira, da qual faziam parte os "veteranos" Borges e Scherer, mas não suportou o forte ritmo da prova e, mesmo que o brasileiro igualasse sua melhor marca (1min59s58 -recorde sul-americano), ainda ficaria cerca de sete décimos de segundo acima do tempo do terceiro colocado. Com os 2min00s11, Pereira ficou quatro centésimos de segundo acima do tempo que obteve na semifinal, quando foi o quarto melhor.

Thiago Pereira só teve bom rendimento nos primeiros 150 metros. Ele virou para os 50 metros, perto de Phelps, em segundo lugar, com 25s59, depois do borboleta. após o nado de costas, caiu para terceiro, coim 55s92 e, na terceira piscina, seguiu em terceiro, com 1min30s41. Na última virada, ele acabou ultrapassado por três adversários.

E o nado de crawl era justamente o que deixava Pereira mais apreensivo. Em sua fase de preparação para as Olimpíadas, o brasileiro declarou que esse estilo é o que mais treino porque o considerava mais fraco.

No alto do pódio, Phelps comemorou mais uma conquista, já que é o atual campeão mundial da distância. Ele terminou a prova com 1min57s14, mais de um segundo acima de seu recorde mundial. Essa foi a quarta medalha de ouro dele em Atenas, somando-se aos 400 m medley, 200 m borboleta e revezamento 4x200 m livre. Ele também conquistou dois bronzes -nos 200 m livre e no revezamento 4x100 m livre.

A medalha de prata na prova ficou com o norte-americano Ryan Lochte, que tinha a segunda melhor marca do ano, com 1min58s78, seguido por George Bovell, de Trinidad e Tobago, com 1min58s80. O húngaro Laszlo Cseh, atual vice-campeão mundial e bronze nos 400 m medley, acabou em quarto lugar, com 1min58s84.

"Não deu para fazer melhor, fiz o que pude, mas não deu", comentou Pereira, após o fim da prova. "Os nadadores que chegaram à minha frente
foram muito fortes, mas esse quinto lugar ficará marcado por toda vida", comentou.

O nadador, porém, ressalta que ganhou experiência nessa Olimpíada e que pode partir atrás de resultado melhor em Pequim-08. "Lá, já vamos saber o que nos espera. Aqui, não tínhamos noção e quem sabe vamos brigar por medalhas."

Veja também



22/11/2004
10h36 - WADA tem orçamento acrescido em US$ 1,47 milhão

19/11/2004
20h13 - Brasileiro fica em 25º no Mundial de luge e soma ponto para Turim

18/11/2004
13h22 - Polícia faz diligência em empresa responsável por Turim-2006

12/11/2004
19h31 - COB anuncia indicados ao Melhor Atleta do Ano

10h20 - Jogos de Atenas custaram mais de 9 bilhões de euros à Grécia

05/11/2004
08h59 - Chineses adotam data "da sorte" para abertura dos Jogos de 2008

04/11/2004
14h38 - Presidente de comitê dos Jogos de Turim vai pedir demissão

13h51 - Putin recebe no Kremlin 182 medalhistas russos em Atenas 2004

09h06 - Barcelona ajudará candidatura de Madri às Olimpíadas de 2012

02/11/2004
10h09 - Governo dará a Paris 2,5 bilhões de euros para campanha olímpica

Mais notícias