Filha de Gabeira, musa das ondas gigantes se empolga com protestos pelo Brasil

Renan Prates
Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Red Bull

    Além dos treinos, a surfista faz yoga e diz que gosta de sair para jantar com os amigos

    Além dos treinos, a surfista faz yoga e diz que gosta de sair para jantar com os amigos

Veja Também

Maya Gabeira mostrou que herdou o engajamento político do pai, o ex-deputado federal Fernando Gabeira, ao apoiar as recentes manifestações populares pelo Brasil. Mas a musa das ondas gigantes qualificou o movimento como algo muito maior que o jogo político do qual seu pai faz parte.

"Sou interessada em politica, mas acho que esse movimento que acontece no Brasil é mais do que isso. Meu pai sempre foi ativo e foi político por muitos anos. Continua escrevendo e atuando por um país melhor, mas agora mais como cidadão e jornalista", afirmou Maya ao UOL Esporte.

Apesar do engajamento, a musa rechaçou a ideia de seguir a carreira do seu pai, que foi deputado federal e concorreu à Prefeitura e ao Governo do Rio de Janeiro. "Gosto muito da minha carreira e estilo de vida como atleta".

Desde o início das manifestações pelo país, Maya Gabeira tem mostrado apoio aos protestos pelas redes sociais, mesmo morando nos Estados Unidos há 10 anos. "Meu Rio de Janeiro! Que orgulho! #paz#mudabrasil#prostestosemviolenciaporfavor", escreveu no último dia 20 de junho no Twitter,

Maya é referência mundial entre os especialistas de ondas gigantes. Ganhou por cinco vezes o XXL Global Big Wave Awards, prêmio que é considerado o Oscar da modalidade.

Em 2010, Maya ganhou o Teen Choice Awards, prêmio que aponta as celebridades mais influentes entre o público adolescente norte-americano. Mas ela se sente identificada com o Brasil e valoriza a chance de representar o país no exterior.

"Gosto de poder representar o Brasil como atleta. Meu esporte também é dominado por homens, então sinto que também represento a mulherada em geral".

Além de surfe e política, Maya mostrou no seu Twitter que gosta de acompanhar futebol. Torcedora do Flamengo, ela se mostrou animada com a seleção brasileira durante a Copa das Confederações. "Parabéns Brasil! Que jogo! Neymar Rei. Fred Rei . David Rei... Todos jogaram muito! #orgulho", escreveu após a vitória na final contra a Espanha.  

Maya diz que, por não morar no Brasil, é mais fácil acompanhar a seleção brasileira que o Rubro-Negro. "Acompanho mais a seleção brasileira. Moro fora e não tenho um canal que passe o meu time. Gosto de futebol e sempre frequentamos o clube do Flamengo, as piscinas e quando mais nova também pratiquei ginastica olímpica", afirmou.

Musas do Esporte – Maya Gabeira

  • Maya Gabeira poderia ter sido política ou jornalista, para citar duas carreiras em que o pai Fernando Gabeira se destacou, mas decidiu ir pelo caminho mais difícil e, principalmente, mais perigoso. Esta loira carioca nunca deu muita bola para a política, gostava mesmo era de praia e aos 17 anos quis se tornar surfista de ondas gigantes.

Maya Gabeira
Maya Gabeira

Notícias relacionadas



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos