Bellucci dá susto em Federer, mas desperdiça chance e é eliminado; Djoko e Nadal avançam

Do UOL, em São Paulo

  • Danny Moloshok/Reuters

    Bellucci lamenta derrota para Roger Federer nas oitavas de final do Masters 1000 de Indian Wells

    Bellucci lamenta derrota para Roger Federer nas oitavas de final do Masters 1000 de Indian Wells

Thomaz Bellucci disse que sempre quis enfrentar Federer antes do confronto pelas oitavas de final em Indian Wells, mas o desfecho não foi como esperado. O brasileiro mostrou força ao vencer o primeiro set, mas sucumbiu ao talento do suíço e acabou derrotado por 2 a sets a 1 (3/6, 6/3 e 6/4).

Federer segue no torneio e avança às quartas de final. Agora, vai enfrentar o vencedor do duelo entre o argentino Juan Martín del Potro e Denis Istomin (UZB).

Bellucci começou a partida de forma exemplar. Seguiu à risca sua estratégia de jogo e conseguiu manter o suíço na linha fundo com bolas longas e altas. Ainda mostrou competência nas devoluções e teve um saque bastante eficiente.

O ex-número 1 do ranking estava desconfortável e se entregou ao jogo do rival sem esboçar reação. Tampouco encontrou alternativas para superá-lo, como explorar as jogadas com slice, considerados um dos pontos fracos do brasileiro.

O segundo set foi bem diferente. Federer aproveitou a relaxada do rival, assumiu o controle das ações e conseguiu uma quebra logo no primeiro game. Bellucci mostrou evolução no aspecto psicólogico em relação ao seu histórico e manteve o bom nível de jogo, mesmo atrás no placar.

Foi apenas na superioridade técnica que Roger abriu vantagem, com destaque para o aproveitamento perfeito (100%) em seu primeiro serviço. O último ponto foi a prova de sua qualidade. Bellucci não teve medo de ser agressivo e mostrou confiança ao ir à rede, mas foi surpreendido com um lindo lobby que garantiu a parcial ao suíço.

O terceiro e decisivo set não fugiu à regra do jogo. Foi bastante equilibrado e proporcionou emoção aos torcedores presentes na arena, com os dois tenistas explorando diferentes tipos de jogo. Enquanto Bellucci apostava no saque e voleio, o suíço exibia seu rico repertório de jogadas com diversas variações.

O brasileiro ainda teve a chance de passar a frente ao ficar a dois pontos de quebrar o serviço rival quando a partida estava empatada em 4 a 4. No entanto, não conseguiu concretizar a oportunidade e acabou derrotado.

DJOKO BRECA REAÇÃO DE ESPANHOL E VENCE A 9ª SEGUIDA EM INDIAN WELLS

  • AFP PHOTO / Robyn BECK

    Djokovic comemora vitória sobre Pablo Andujar nas oitavas do Masters 1000 de Indian Wells

Novak Djokovic segue em fase espetacular e comprova que a derrota em Dubai não o abalou. O sérvio sofreu com a reação do espanhol Pablo Andujar após aplicar um pneu no primeiro set, mas conseguiu o triunfo por 2 a 1, parciais de 6-0, 6-7 (7-5) e 6-2. Dessa forma, alcançou sua nona vitória seguida nos Masters 1000 de Indian Wells.

O atual campeão do torneio avançou às quartas de final e enfrentará o espanhol Nicolás Almagro que venceu Tomas Berdych (TCH) também nesta quarta-feira.

O líder do ranking há 37 semanas deu um verdadeiro passeio no primeiro set e nem precisou se esforçar muito. Andujar até tentou atacar, mas abusou dos erros e teve um pífio aproveitamento no primeiro serviço de apenas 33%, contra 70% do sérvio. Mesmo com postura agressiva, o espanhol não teve sucesso na estratégia e conquistou apenas oito bolas vencedoras, contra seis do adversário.

O segundo set começou com grande expectativa sobre Andujar, que temia não vencer sequer um game. Mas conseguiu se recuperar e já no primeiro deu trabalho a Djoko, que confirmou o serviço com muita dificuldade.

O espanhol venceu o segundo e comemorou bastante, com direito a aplausos da torcida em Indian Wells. Andujar continuou endurecendo o jogo. Com boas devoluções, pressionou o sérvio e chegou a ter sete chances de quebra. O espanhol ganhou confiança e, com um jogo sólido e agressivo, venceu no tie-break. Djokovic parecia entregue.

O terceiro set também foi disputado, mas o melhor do mundo conseguiu reencontrar seu jogo e se equilibrar na partida. O sérvio mostrou mais concentração e brecou o bom momento do espanhol para vencer em 6 a 2.

NADAL ATROPELA UCRANIANO EM 1H16 E TAMBÉM VAI ÀS QUARTAS

Quem não precisou suar a camisa para chegar às quartas de final foi o espanhol Rafael Nadal. O número 2 do ranking mundial precisou apenas de 1h16 para superar o ucraniano Alexandr Dolgopolov por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 6/2.

Agora, Nadal vai enfrentar o argentino David Nalbandian, que teve dificuldade para passar pelo francês Jo-Wilfried Tsonga por 2 a sets a 1, parciais de 3-6, 7-5, 6-3.

No primeiro set, Dolgopolov bem que tentou ser agressivo com um forte saque e ameaçou o rival. Mas o espanhol manteve a regularidade e seu ponto forte, o poder defensivo. Dessa forma, venceu 81% dos pontos no primeiro saque e conseguiu três quebras.

O segundo set foi ainda mais tranquilo. O ucraniano perdeu a confiança e conseguiu apenas 53% dos seus pontos de saque. Nadal explorou a dificuldade adversária e conseguiu três quebras de serviço. Apenas na hora de fechar, Dolgopolov impôs alguma pressão, mas não foi suficiente para abalar o espanhol.
AZARENKA VENCE DESAFETA QUE NÃO A CUMPRIMENTOU
Veja Álbum de fotos

Últimas de Esporte



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos