UOL Esporte Últimas Notícias
 
13/05/2011 - 07h00

João Dória lança projeto para investir no esporte, focando atletismo e tênis

Gustavo Franceschini
Em São Paulo
  • João Doria Jr, empresário e apresentador; comanda o grupo que promete investir pesado no esporte

    João Doria Jr, empresário e apresentador; comanda o grupo que promete investir pesado no esporte

O grupo Lide (Líderes Empresariais), encabeçado por João Dória Jr., vai lançar, no próximo dia 28, o Lide Esporte, seu braço esportivo que promete investir pesado no setor. Logo de cara, os investimentos serão concentrados em projetos de tênis e atletismo.

“O Lide é um grupo que tem 800 empresas e representa 45% do PIB [Produto Interno Bruto] privado do país. Entendendo a importância dessa década esportiva que temos pela frente, vamos tentar ajudar”, disse Paulo Nigro, presidente da Tetra Pak e responsável pelo comando da Lide Esporte.

A ideia dos empresários é usar a Lei de Incentivo ao Esporte, que permite que parte dos impostos de pessoas físicas e jurídicas seja destinada a projetos esportivos. Nigro evita dizer o valor do montante que deve ser investido. Sabe, no entanto, quais serão os primeiros parceiros.

Em São Paulo, o Lide Esporte pretende investir no Instituto Tênis, que já tem projetos em Alphaville, bairro nobre da região metropolitana de São Paulo. Em um segundo momento, Nigro fala em construir um CT na capital paulistana para reunir os talentos criados pelo projeto-base.

O atletismo, em parceria com o Instituto Joaquim Cruz, terá várias bases. A ONG do campeão olímpico aposta que o biótipo de cada região é adequado para determinada modalidade. Por isso, um dos primeiros projetos do Lide Esporte deve ser em um morro carioca, mas logo a base deve ser ampliada.

“O atletismo é interessante por isso. Em cada local você tem um biótipo mais propício para determinada modalidade. Então no futuro podemos criar um bolsão, que é como chamamos cada núcleo, no Sul. Porque lá o biótipo favorece modalidades como o arremesso de peso”, disse Nigro, informando que para cada bolsão devem ser criados projetos novos na Lei de Incentivo ao Esporte. Brasília também deve entrar na mira da parceria. 

O terceiro, e talvez mais importante, parceiro do Lide Esporte é a ONG Atletas pela Cidadania. O grupo de ex-esportistas engajados, que é encabeçado por Raí e tem em seus quadros nomes como Ana Moser e Magic Paula, atuará politicamente para pressionar a criação de políticas públicas para o esporte.

O acordo com a Atletas pela Cidadania foi fechado ainda nesta semana e divulgado para a comunidade esportiva. A ONG pode receber doações diretamente das empresas do grupo Lide, independentemente da Lei de Incentivo ao Esporte.

O projeto, em detalhes, será anunciado no próximo dia 28, no 1º Fórum Nacional de Esportes, organizado pelo grupo no hotel Renaissance, em São Paulo. O Lide Esporte informa que o ministro do Esporte, Orlando Silva Jr., e Henrique Meirelles, chefe da Autoridade Pública Olímpica, órgão que cuida da organização do Rio-2016, estarão presentes ao encontro. 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host