UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2012/05/28/ex-campeao-do-mundo-de-boxe-e-encontrado-morto.htm
  • Johnny Tapia, ex-campeão do mundo de boxe, é encontrado morto em sua casa
  • 24/04/2014
  • UOL Esporte - Agências >> EFE
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
28/05/2012 - 01h18

Johnny Tapia, ex-campeão do mundo de boxe, é encontrado morto em sua casa

Da EFE
Em Albuquerque (EUA)
  • Johnny Tapia em pesagem para uma luta em 2002; pugilista foi encontrado morto em sua casa

    Johnny Tapia em pesagem para uma luta em 2002; pugilista foi encontrado morto em sua casa

O ex-pugilista Johnny Tapia foi encontrado morto em sua casa nesta segunda-feira. A informação foi divulgada por seus familiares e confirmada pela polícia de Albuquerque, nos Estados Unidos. As causas são desconhecidas, mas as autoridades descartaram a hipótese de uma morte suspeita. 

Tapia tinha 45 anos e uma carreira recheada de polêmicas. Descendente de mexicanos, ele chegou a ser preso sete vezes na carreira e admitiu ter problemas com drogas, especialmente cocaína. 

O ex-campeão do mundo conseguiu os títulos nas categorias dos pesos supermosca, galo e pluma, entre 1994 e 2002, e competiu até o ano passado. Sua última luta foi contra o colombiano Mauricio Pastrana, em Albuquerque. Na ocasião, Tapia venceu por decisão unânime dos juízes. Como profissional, ele fez ao todo 65 combates e somou 58 vitórias, 30 delas por nocaute, cinco derrotas e dois empates.

Carismático, o boxeador tinha um histórico de tragédias em sua vida. Seu pai foi morto na frente de sua mãe, quando ela estava grávida dele. Mais tarde, aos oito anos, ele presenciou o assassinato da própria mãe. 

Já profissional, em uma de suas crises ele foi internado por conta de uma overdose de cocaína em 2007. Dias depois, recebeu a notícia de que  seu cunhado e seu sobrinho haviam morrido em um trágico acidente de carro quando iam visitá-lo na clínica de reabilitação. Também por tudo isso, ao longo da carreira Tapia ganhou o apelido de "Vida Loca", mensagem que ele carregava grafada no peito em uma tatuagem. 

Morte de esportistas
Morte de esportistas

Placar UOL no iPhone