UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2012/07/05/lakers-surpreendem-e-tiram-steve-nash-do-phoenix-suns.htm
  • Polícia colombiana registra uma morte e 4 mil brigas após eliminação na Copa
  • 30/08/2014
  • UOL Esporte - Agências >> EFE
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
05/07/2012 - 06h45

Polícia colombiana registra uma morte e 4 mil brigas após eliminação na Copa

Bogotá, 5 jul (EFE).- Com uma pessoa morta, 4.340 brigas de rua e 109 veículos apreendidos, de acordo com a polícia, o comportamento agressivo por parte de alguns torcedores voltou a causar confusão na Colômbia após a partida da seleção nacional contra o Brasil, pelas quartas de final da Copa do Mundo, na sexta-feira.

O diretor-geral da Polícia, general Rodolfo Palomino, disse neste sábado que a única morte associada à derrota do país por 2 a 1 para os brasileiros foi registrada na cidade de Bucaramanga.

"A pessoa que causou (a morte), um motorista que atropelou um transeunte, já se encontra detida", informou o general Palomino à imprensa.

Sobre as brigas de rua, ele afirmou que alguns policiais da cidade de Cali saíram com algumas lesões por tentarem intervir em confrontos e que os responsáveis já foram colocados às ordens das autoridades que acompanham o caso. No entanto, enfatizou que a maioria dos colombianos teve bom comportamento durante o jogo.

De acordo com Palomino, 109 motoristas foram multados por diferentes situações, a maioria deles por dirigir sob estado de embriaguez.

Após a morte de dez pessoas em Bogotá na comemoração da primeira vitória da Colômbia na Copa do Mundo - 3 a 0 sobre a Grécia -, as autoridades locais impuseram uma série de medidas para evitar atos violentos.

Uma delas foi a lei seca, que proibiu a compra, a venda e o consumo de álcool nos dias de jogos do país no torneio. A medida vigorou durante toda a campanha da seleção e, desde então, não ocorreram mais mortes na cidade.

A Colômbia fez história neste Mundial ao chegar pela primeira vez na fase de quartas de final, em que foi eliminada pelo Brasil na sexta-feira.

Placar UOL no iPhone