UOL Esporte Últimas Notícias
 
01/06/2011 - 16h23

"Surpreso" com atitude inglesa, Blatter diz "não guardar rancores"

ZURIQUE, Suíça, 1 Jun 2011 (AFP) -O suíço Joseph Blatter, reeleito nesta quarta-feira para o quarto mandato como presidente da Fifa, afirmou, após a votação, que tinha ficado surpreso com a atitude da federação inglesa de querer adiar as eleições, mas que não guarda "rancores" por isso.

"Apesar de não ser membro fundador da Fifa, a Inglaterra somou-se ao grupo em 1905 e logo em seguida elegeu um presidente. Eles mesmos se chamam 'The FA" (Football Association), ou seja A Federação e por isso deveriam ser um exemplo. Por isso, surpreendi-me com a atitude deles", disse Blatter.

Antes da votação, David Bernstein, presidente da Federação Inglesa, pedira o adiamento da eleição para dar mais credibilidade ao processo e permitir a candidatura de um dirigente comprometido com a reforma da entidade.

A proposta britânica foi rejeitada por 172 votos contrários ao adiamento e 17 favoráveis, e Bernstein foi duramente criticado por outros dirigentes do futebol mundial. Entre eles, o argentino Julio Grondona: "Estamos buscando soluções fora do lugar mas sempre vêm do mesmo lado, da Inglaterra".

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host