UOL Esporte Últimas Notícias
 
09/06/2011 - 20h59

COI elogia "grande progresso" do Rio para os Jogos de 2016

Rio de Janeiro, 9 jun (EFE).- A comissão de Coordenação do Comitê Olímpico Internacional (COI) para os Jogos Olímpicos de 2016, que nos últimos três dias inspecionou as obras que estão feitas na cidade visando o evento, fez elogios ao avanço que pôde ser visto e destacou o respaldo das autoridades ao projeto.

"A cidade conta com um forte apoio governamental, e estamos muito contentes após comprovar o grande progresso realizado para que os Jogos sejam um sucesso. É normal que alertemos sobre a situação de algumas coisas, mas estamos muito contentes com o progresso que foi feito", disse a presidente da comissão, Nawal El Moutawakel, em entrevista coletiva concedida no Rio ao final da visita de três dias.

"Também foi especialmente agradável ver a paixão com que todos os níveis governamentais apoiam a realização do evento. As autoridades tiveram um papel fundamental no progresso visto ao longo dessa semana, e seguirão tendo importância para o sucesso dos Jogos", completou El Moutawakel, ouro olímpico nos 400 metros com barreiras nos Jogos de 1984, ao ser questionada sobre o atraso que sofrem algumas obras.

A presidente da delegação olímpica destacou ainda o legado que a realização dos Jogos representará para a cidade, a qual considerou um exemplo para as futuras candidaturas para receber a Olimpíada.

O diretor-executivo de Jogos Olímpicos do COI, o suíço Gilbert Felli, seguiu a mesma linha de discurso da presidente da comissão ao manifestar que não existem "preocupações específicas", e acrescentou que a cidade está "bem consolidada e se encontra em uma posição excelente quanto ao progresso das obras".

Animado com os elogios, o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COI) e presidente do Comitê Organizador, Carlos Artur Nuzman, afirmou que o Rio de Janeiro poderá se tornar referência quanto ao aproveitamento do legado de Jogos Olímpicos.

"Rio será a maior referência de transformação de uma cidade devido à realização de uma Olimpíada. Vai ultrapassar Barcelona como exemplo de como os jogos beneficiam a cidade nos tempos modernos. As obras que estão sendo feitas e que ainda começarão a ser feitas serão a grande referência dessa transformação", declarou Nuzman.

Por sua vez, prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, admitiu que é necessário dedicar maior atenção a determinados projetos, mas ressaltou que "não há absolutamente nada fora do prazo".

"A comissão comprovou que existe um cenário diferente ao que viram em visitas anteriores", disse Paes a jornalistas.

Os observadores internacionais inspecionaram nesta quarta as obras da TransCarioca, via exclusiva para ônibus que ligará o bairro ao Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Zona Norte, a reforma do estádio do Maracanã, que receberá as cerimônias de abertura e encerramento, e o Sambódromo, que será sede da disputa de tiro com arco e onde ficará a linha de chegada da maratona.

A delegação do COI visita o Rio uma vez por ano para supervisionar o avanço das obras projetadas para a organização do evento. Nos últimos quatro anos antes da realização dos Jogos, as visitas se tornarão semestrais.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host